TCE Novembro
Menu
terça, 07 de dezembro de 2021 Campo Grande/MS
CONSTRUINDO O SABER 29/11 A 29/12
Polícia

Ex-padrasto que abusou sexualmente da enteada durante 6 anos é preso após fugir da cidade

Jovem criou coragem para contar o que viveu nas mãos do então padrasto aos 18 anos

15 agosto 2018 - 10h21Por Luis Abraham

Um homem de 37 anos foi preso, nesta terça-feira (14), acusado de estupro contra sua ex-enteada, atualmente com 18 anos.

De acordo com o delegado Guilherme Sariam, da delegacia de Polícia Civil de Rio Brilhante, a prisão ocorreu com apoio da Polícia Civil e Militar de Sidrolândia, onde o acusado estava na casa de parentes.

O caso foi denunciado no último dia 8, quando a jovem resolveu contar o que viveu nas mãos do então padrasto.

Os abusos

Os abusos começaram quando ela tinha 11 anos, na casa onde morava com mãe e o acusado, e duraram até os 17 anos, quando ela se casou e saiu da casa da mãe.

Em depoimento, a vítima disse que o último estupro ocorreu três meses atrás, quando ela foi visitar a mãe. O homem teria “embebedado” a genitora da jovem e cometido mais um abuso.

Após ser ouvida e o caso ser registrado, os policiais iniciaram as buscas pelo acusado. Por volta do dia 11, ele conseguiu fugir de um cerco policial realizado em uma chácara. No local, um tio dele foi detido por auxiliar na fuga.

Nesta terça-feira (14), ele foi detido em Sidrolândia ao buscar refúgio na casa de um primo.

A confissão

Diante do delegado, o homem confessou os abusos e disse estar arrependido do que fez. Questionado se praticou tal ato com outras vítimas, ele disse que não, apenas com a ex-enteada.

Sariam relatou que a jovem está recebendo apoio da família e acompanhamento psicológico.

“Ao falar sobre os abusos ela fica trêmula, sofre muito em razão disso. Todas as vezes que era abusada ela era ameaçada” afirma o delegado.

O homem possui passagens anteriores por violência doméstica. Guilherme informou que a mãe da vítima desconhecia os abusos sofridos pela filha. O acusado também relatou que o crime era sempre cometido sem sua esposa saber.

O ex-padrasto teve a prisão preventiva decretada e está recolhido na Penitenciária de Rio Brilhante.