Menu
domingo, 22 de maio de 2022 Campo Grande/MS
GOV EMPREGO MAIO
Polícia

Família faz campanha nas redes sociais para encontrar suspeito de matar menina de 3 anos

Ele fugiu após atropelar a criança, que não resistiu aos ferimentos e morreu na Santa Casa

05 fevereiro 2018 - 09h32Por Anna Gomes

A família da menina Bianca Amaral Nogueira, de três anos, que morreu após ser atropelada por um motociclista, está fazendo uma campanha com a foto do suspeito nas redes sociais. Ele fugiu após o atropelamento que aconteceu na noite do último sábado (3), na Vila Popular, em Campo Grande.

Segundo o tio da garota, a menina estava sob os cuidados da avó de 52 anos. Ela brincava na calçada da casa, acabou atravessando a rua, momento que o suspeito, identificado como Caio Alves de Souza, de 18 anos, atropelou a menor quando supostamente trafegava na contramão, em uma Honda Biz.

"Ele estava na contramão da rua, atropelou e não parou para ajudar a socorrer. Algum tempo depois, descobrimos que minutos antes do atropelamento, ele estaria ingerindo bebida alcoólica com os amigos dele na mesma rua onde ele atropelou minha sobrinha. Já sabemos que ele é militar do Exército e descobrimos onde ele mora, mas quando chegamos lá na residência não tinha ninguém. Pessoas informaram que a família colocou várias sacolas em uma caminhonete e todo mundo desapareceu", disse.

Ainda conforme o tio da menina, a polícia informou que o suspeito deve se apresentar nas próximas horas, mas os parentes estão com receio de que ele não seja preso. "Ele fugiu do flagrante, se apresenta com o advogado e vai ficar por isso mesmo? A morte da minha sobrinha que foi enterrada hoje (5), não vai ter valor? Queremos que ele fique atrás das grades", desabafou.

Caso

Após ser atropelada, Bianca foi socorrida e encaminhada para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Bairro Santa Mônica, mas devido a gravidade dos ferimentos, ela precisou ser encaminhada para a Santa Casa, onde não resistiu e acabou indo a óbito na madrugada de ontem (4).