Menu
terça, 18 de maio de 2021
MS CRESCE PELA VIDA 14 a 18/05/2021
Polícia

Helicóptero que pousou em MS é investigado sobre uso para narcotráfico

Aeronave foi encontrada com para-brisa e faróis quebrados e a posição de pouso foi considerada estranha

16 abril 2021 - 09h23Por Vinicius Costa

O helicóptero que fez pouso forçado na tarde desta quinta-feira (15), em Ponta Porã, foi apreendido pela polícia e passará por investigação para saber se era usado pelos narcotraficantes da fronteira de Mato Grosso do Sul com o Paraguai. A investigação foi imposta pelo DRACCO (Departamento de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado).

Informações da Polícia Civil explicam que a aeronave foi encontrada com para-brisa e faróis quebrados e a posição de pouso foi considerada estranha.

A suspeita é que o helicóptero era usado pelos narcotraficantes por conta das características. O uso dessas aeronaves, segundo o DRACCO, faz parte de voos baixos para evitar o controle aéreo, ausência de plano de voo e diário de bordo.

"Estava tão próximo do solo que o helicóptero atingiu a rede de alta tensão", disse a delegada Ana Claudia Medina.

A polícia ainda fez contato com o piloto que questionado sobre o uso do helicóptero apresentou versões não compartíveis com o que foi inicialmente investigado pelos civis.

Além disso, a polícia descobriu que o piloto descartou o GPS da aeronave e formatou o celular que estava consigo, usado para falar com 'os patrões', mostrando um ato de desespero, conforme explicou o DRACCO.

O helicóptero de modelo Robinson R66, prefixo PR HMR, foi apreendido e encaminhado inicialmente para a Delegacia Regional de Dourados, contudo, foi transferido para o hangar do DRACCO, que fica em Campo Grande, onde será submetido a uma perícia.