Menu
Busca segunda, 21 de outubro de 2019
Top Ms
Polícia

VÍDEO: Homem confessa que matou usuário de drogas na Vila Gomes por 'tapa na cara'

Vítima foi socorrida após facada e morreu na Santa Casa de Campo Grande

09 outubro 2019 - 17h47Por Thiago de Souza e Wilian Leite

Antônio Carlos Rabelo Menezes, 33 anos, assassino confesso de Fábio Bernardi Santos, 38 anos, foi apresentado pela polícia na tarde desta quarta-feira (9), na Delegacia Especializada de Roubos e Furtos, em Campo Grande. O motivo do crime seriam tapas na cara dados por Fábio.

O delegado Fábio Brandalise conta que o caso aconteceu no cruzamento das ruas Ceará com a São Borja, na Vila Gomes, por volta de 1h. Santos recebeu uma facada, foi socorrido à Santa Casa, mas não resistiu e morreu. Horas após o assassinato, foi cogitado que o crime seria de latrocínio (que é matar para roubar), mas ao ser investigado pela Derf, essa hipótese foi descartada.     

A faca usada no crime havia sido enterrada pelo suspeito em um terreno perto da avenida Rachid Neder. Ela foi apreendida pela polícia e tem 17 centímetros de lâmina. Brandalise esclareceu que os dois eram usuários de drogas e se conheciam há muito tempo.

Faca tinha lâmina de 17 cm, diz delegado. (Foto: Wesley Ortiz)

O suspeito foi preso na rua onde ocorreu o crime, próximo a um atacadista na rua São Borja, por volta das 9h30.

''Antônio Carlos não tinha voltado para casa e ficou vagando na rua para dificultar o trabalho de localização dele'', destacou o delegado.

À imprensa, o assassino se disse arrependido do crime.

''Eu não queria fazer isso, mas ele bateu na minha cara várias vezes. Para me defender, eu cometi o crime'', justificou Fábio.

O suspeito afirmou ainda que não havia premeditado o assassinato. Durante a entrevista,  Antônio Carlos aparentava estar desorientado.

            

 

Apresentação DERF suspeito de assassinato from Top Mídia News on Vimeo.