Menu
Busca quinta, 04 de junho de 2020
Camara - corona
Polícia

Assassino de Maria Graziele tem prisão preventiva decretada

Ele confessou que matou a ex-mulher esganada por ciúmes

22 maio 2020 - 07h36Por Dany Nascimento e Willian Leite

A justiça converteu a prisão temporária de Lucas Pergentino Camara, 26 anos, em preventiva. Ele confessou que matou a ex-mulher, Maria Graziele Elias de Souza, 21 anos, esganada no dia 14 de abril em uma residência na Rua Mitsuyo Aratani, no Parque do Lageado, em Campo Grande.

De acordo com a Polícia Civil, a decisão foi tomada ontem (21), por um juiz da 1ª Vara do Tribunal do Júri e o inquérito do caso já foi finalizado e encaminhado ao Ministério Público Estadual.

Lucas foi preso no dia 25 de abril e confessou que matou a mulher por ciúmes. Ele confessou que jogou o corpo de Maria às margens da rodovia da BR– 262. Segundo a polícia, Lucas ficou com o corpo da vítima em cima da cama de casa até às 22 horas. 

Ele disse que passou o aniversário com a ex-mulher, ganhou uma cesta café de presente, mas acabou olhando o celular da vítima escondido e encontrou mensagens que ela trocava com possíveis paqueras. Revoltado, ele matou a mulher.

Leia Também

Para salvar cadela com cisto, mulher faz campanha na internet e oferece até faxina
Cidades
Para salvar cadela com cisto, mulher faz campanha na internet e oferece até faxina
PRECISA? Neymar foi aprovado para receber '600tão' do auxílio-emergencial
Geral
PRECISA? Neymar foi aprovado para receber '600tão' do auxílio-emergencial
Dois são presos por sequestro de professor da UFMS em Água Clara
Interior
Dois são presos por sequestro de professor da UFMS em Água Clara
PF cai em cima de empresas suspeitas de vender máscara superfaturada para a PRF-MS
Cidades
PF cai em cima de empresas suspeitas de vender máscara superfaturada para a PRF-MS