Menu
quinta, 22 de outubro de 2020
Polícia

IMPIEDOSOS: idoso se ajoelhou e pediu misericórdia antes de ser morto por família

Pai, mãe e filha executaram a vítima na Vila Nasser; eles queriam tomar a casa

08 maio 2020 - 11h37Por Rayani Santa Cruz e Willian Leite

O idoso, José Leonel Ferreira, 61 anos, que foi morto na madrugada de sábado (3), com golpes de barra de ferro, se ajoelhou e implorou pela vida. Pai, mãe e filha foram impiedosos e assassinaram a vítima na cozinha da casa, enterrando nos fundos do quintal, em seguida.

O idoso na ânsia pela vida teria dito: “Pelo amor de Deus, não me matem”, quando foi golpeado na cabeça. E posteriormente recebeu diversos golpes pelo corpo. 

Depois de matar José, o suspeito Cleber de Souza Carvalho, 43 anos, e a filha Yasmin Natasha Gonçalves Carvalho, de 19 anos, cavaram uma cova em uma  obra, aos fundos da casa e enterraram o idoso. Eles jogaram cal por cima. Roselaine Tavares Gonçalves, 40 anos, mãe de Yasmin foi cúmplice e ajudou a dupla a limpar os vestígios de sangue na casa. 

No domingo, o trio se mudou para o local e passou a dizer à vizinhança que alugou a casa. O que levantou desconfiança, pois a vítima não tinha expressado a vontade de se mudar.

De acordo com o delegado titular da Delegacia de Repressão a Homicídios, Carlos Delano, a vítima foi escolhida por ser vulnerável e por morar sozinha. Os criminosos pensavam que ele não tinha família e tinham a intenção de tomar a casa, dele.

Antes de ser morto, José contratou serviços de pedreiro para terminar uma casa aos fundos da sua residência. Ele tinha intenção de terminar a obra para alugar os cômodos. Na semana passada, José fechou a mercearia e vizinhos não viram mais ele. 

Segundo o delegado, a irmã da vítima registrou o desaparecimento e a Polícia Civil foi ao local descobrindo o crime e prendendo em flagrante 

Cleber de Souza Carvalho, pai de Yasmin, é considerado foragido da Justiça e teve a prisão preventiva decretada. 

Leia Também

Ex-marido ameaça matar mulher por tentar aproximação com filho no Jardim Centenário
Polícia
Ex-marido ameaça matar mulher por tentar aproximação com filho no Jardim Centenário
NA LATA: candidato se ferra na hora de usar fake pra se autoelogiar
Na Lata
NA LATA: candidato se ferra na hora de usar fake pra se autoelogiar
Padre é processado acusado de maltratar criança durante batismo
Geral
Padre é processado acusado de maltratar criança durante batismo
Ajuda ao próximo: Instituto Atos de Amor garante comida para necessitados em Campo Grande
Algo mais
Ajuda ao próximo: Instituto Atos de Amor garante comida para necessitados em Campo Grande