Menu
segunda, 28 de setembro de 2020
Polícia

Irmãos são presos por espancar visita que dormiu na cama do anfitrião

Um dos acusados já foi condenado por assassinato; vítima está em coma induzido

12 abril 2019 - 10h50Por Redação/JPNews

Dois irmãos foram presos no final da tarde de quinta-feira (11), apontados como responsáveis pelo espancamento de um homem de 29 anos, no Jardim Progresso, em Três Lagoas, no dia anterior.

A vítima foi encontrada desacordada na avenida Clodoaldo Garcia, na Vila Haro, e socorrida por uma unidade do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência).

Os suspeitos, ambos pedreiros, teriam discordado nas versões do crime apresentadas aos policiais militares.

O mais velho, que teria recém-chegado de São Paulo, teria usado um pedaço de pau na agressão. Ele, inclusive, confirmou ter um homicídio em sua ficha criminal.

Os suspeitos foram denunciados anonimamente. Eles alegaram que a vítima seria amigo e estaria hospedado na casa do irmão mais novo e, na quarta-feira, após bebedeira em bar, retornaram para o imóvel.

O anfitrião teria dormido no chão, enquanto a visita ficou com a cama. O mais velho teria chegado de viagem e tentou tirar a vítima da cama, porém não teria conseguido. Irritado, iniciou as agressões.

Aos policiais, o agressor alegou ter golpeado a visita com mãos e pé. Entretanto, seu irmão negou a versão, dizendo que o mais velho agrediu a vítima com um pedaço de pau. Disse ainda, que caso não intervisse, o mais velho teria matado o amigo, após duas pauladas.

O agressor negou querer matar a vítima que, segundo ele, após ser espancada, teria ido a pé até um bar da Vila Haro, onde ficou caída no chão, até ser socorrida, por volta das 7h.

A polícia levou os dois suspeitos para o hospital, aonde o ferido os reconheceu como agressores.

Eles receberam voz de prisão por lesão corporal dolosa e foram levados para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário).

A vítima entrou em coma induzido e precisou passar por cirurgia de emergência, segundo informou uma assistente social do Hospital Auxiliadora. Em recuperação, o ferido já estaria desperto e falando com dificuldade.

Homicídio

O suspeito disse aos policiais que teria assassinado um homem em uma fazenda em São Paulo, usando praticamente os mesmos métodos violentos.

De acordo com a versão do acusado, o crime teria acontecido após uma discussão em um ônibus interestadual em que os dois teriam sido colocados para fora do veículo. Eles teriam entrado em uma fazenda e, durante uma luta, a vítima foi morta com golpes de pau.

Leia Também

Prefeito de Rio Verde vai processar bolsonaristas que participaram de confusão com arma
Polícia
Prefeito de Rio Verde vai processar bolsonaristas que participaram de confusão com arma
Rastrear MS é lançado e quer quebrar cadeia de transmissão da covid-19
Cidades
Rastrear MS é lançado e quer quebrar cadeia de transmissão da covid-19
Jovem encontra corpo do irmão enterrado no quintal do vizinho
Geral
Jovem encontra corpo do irmão enterrado no quintal do vizinho
Glória Maria lamenta excesso de militância: 'qualquer coisa é racismo, assédio, tá um saco'
Geral
Glória Maria lamenta excesso de militância: 'qualquer coisa é racismo, assédio, tá um saco'