Menu
segunda, 28 de setembro de 2020
Polícia

Padrasto é baleado por desafeto do enteado e jovem em ponto de ônibus é atingida por bala perdida

A vítima disse que ouviu uma discussão próxima e foi atingida pelo disparo no rosto

20 março 2019 - 08h16Por Dany Nascimento

Camila Batista Brounel, 24 anos, foi atingida por um disparo de arma de fogo no rosto em um ponto de ônibus por volta das 19 horas de ontem (19), na rua Paraisópolis, no bairro Santo Eugênio, em Campo Grande. De acordo com o Boletim de Ocorrência, ela foi socorrida por familiares e levada para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Universitária.

A vítima contou aos policiais que ouviu uma discussão próxima do local e, em seguida, sentiu seu rosto do lado esquerdo queimar. Ela foi socorrida por familiares, atendida na UPA e encaminhada para a Santa Casa da Capital. Na unidade de saúde, profissionais informaram aos militares que outro rapaz também teria dado entrada com um disparo no braço.

Ao entrar em contato com José Carlos Santilio, 42 anos, a guarnição foi informada que houve uma discussão entre seu enteado, Pedro Wellington, e um jovem conhecido apenas como Pedrinho na região. Ao tentar defender o filho da esposa, José foi atingido por um tiro no braço esquerdo.

Ele foi com meios próprios para a UPA e foi encaminhado para a Santa Casa. Os policiais realizaram rondas na região, mas Pedrinho não foi localizado. O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga.  

Leia Também

Bêbado, homem é preso por dirigir Fiorino sem dois pneus em Chapadão do Sul
Interior
Bêbado, homem é preso por dirigir Fiorino sem dois pneus em Chapadão do Sul
Mandetta chama deputada bolsonarista de 'nauseabunda' após piada com cota do Magazine Luiza
Geral
Mandetta chama deputada bolsonarista de 'nauseabunda' após piada com cota do Magazine Luiza
Nova política? Harfouche sai para prefeito e já lança campanha do filho
Política
Nova política? Harfouche sai para prefeito e já lança campanha do filho
Motorista do 'conversível das belezuras' trabalha na Petrobras e garante que não paga mulher
Geral
Motorista do 'conversível das belezuras' trabalha na Petrobras e garante que não paga mulher