Menu
sábado, 26 de setembro de 2020
Polícia

Jovem morre com tiro acidental da própria arma enquanto caçava javalis

A vítima foi tirar um cachorro da água, quando a arma que estava na bandoleira bateu com a coronha no chão e disparou

29 abril 2019 - 14h15Por Da redação/RPI

Um jovem de 20 anos morreu com disparo acidental de arma de fogo neste final desse semana em Alegrete, Rio Grande do Sul. O rapaz Daniel Przybitowicz Martini, natural de Ijuí, estava caçando com um primo quando o acidente aconteceu. A dupla, ambos de 20 anos, caçava javalis em região conhecida como Durasnal. O tio dele ficou na sede da propriedade rural quando, pouco tempo depois, foi comunicado pelo filho que Daniel havia ferido por um disparo de arma de fogo no rosto.

A Delegacia de Polícia foi comunicada, assim como os Bombeiros, pelo local ser de difícil acesso. O Delegado Valeriano Neto disse que a Perícia não foi acionada, pois o local já havia sido desfeito.

Uma testemunha informou aos policiais, que a vítima foi tirar um cachorro da água e a arma que estava na bandoleira bateu com a coronha no chão e disparou. O tiro pegou abaixo do queixo. Daniel morreu no local. Ele foi removido à necropsia que será realizada no IML da Santa Casa de Alegrete e depois o corpo será transladado para Ijuí. A arma é um calibre 12.

Leia Também

Brasil registra 869 novas mortes nas últimas 24 horas
CORONAVÍRUS
Brasil registra 869 novas mortes nas últimas 24 horas
Primeiro castramóvel chega em janeiro e vai atender bairros mais vulneráveis em Campo Grande
Cidade Morena
Primeiro castramóvel chega em janeiro e vai atender bairros mais vulneráveis em Campo Grande
Em dois anos, MS ganha 54 mil eleitores e mulheres definem eleição
Cidade Morena
Em dois anos, MS ganha 54 mil eleitores e mulheres definem eleição
Bebê com atrofia muscular morre após campanha para importar remédio de cerca de R$ 11 milhões
Geral
Bebê com atrofia muscular morre após campanha para importar remédio de cerca de R$ 11 milhões