Menu
sexta, 22 de janeiro de 2021
Covid 18/01 a 24/01
Polícia

Jovem preso por mandar nudes para adolescentes escolhia vítimas na igreja e nas redes sociais

Adolescente de 15 anos contou que chegou a enviar fotos sensuais, mas quando quis parar, o assediador ficou agressivo e enviou fotos de um revólver

02 dezembro 2020 - 11h00Por Diana Christie

Alan Melo da Luz, 22 anos, foi preso, nesta terça-feira (1º), por ameaça, perturbação da tranquilidade e armazenamento de imagens pornográficas de adolescentes. Ele escolhia as vítimas na igreja e nas redes sociais.

Segundo o boletim de ocorrência, os policiais conseguiram um mandado de prisão e encontraram o autor em um posto de gasolina no Jardim Centenário, em Campo Grande. Ele confessou usar seis números de telefone diferentes, dois perfis nas redes sociais e três e-mails.

As investigações apontam que boa parte das vítimas, entre adolescentes e jovens maiores de idade, frequentavam as mesmas igrejas. Alan mandava mensagens com “nudes” e pedia outras de volta. Quando as vítimas tentavam cortar as relações, ele fazia ameaças.

Adolescente de 15 anos contou à polícia que chegou a enviar fotos sensuais, mas quando quis parar, Alan ficou agressivo. “Se você não ficar comigo, não vai ficar com mais ninguém. Vou te matar”, disse e enviou fotos de um revólver.

Uma adolescente de 17 anos disse que recebeu fotos dos genitais do autor sem pedir. Quando disse que tinha namorado, que ele devia parar, Alan se irritou e começou a xingá-la. Neste caso, a vítima bloqueou o autor.

A polícia procura outras vítimas do assediador, que teria mandado mensagens também para uma menina de 14 anos e uma mulher de 22, todas da mesma família. Alan confessa que escolhia as jovens aleatoriamente nas redes sociais, conforme as indicações do Facebook e Instagram, mas diz estar arrependido após a prisão.

Ele passou por audiência de custódia na manhã de hoje (2) e a Justiça decretou prisão preventiva.