Menu
sexta, 23 de outubro de 2020
Polícia

Ladrão com faca invade casa de madrugada e morador 'mete bala' no Tijuca

Vítima acertou as costelas do suspeito

23 setembro 2020 - 19h14Por Thiago de Souza

Leandro Cardoso da Silva, 35 anos, levou um tiro na costela, depois de invadir a casa de Fábio Ricardo Bronze de Lima, na madrugada desta terça-feira (23), no Jardim Tijuca, em Campo Grande. O criminoso estava armado com faca e o morador teve de sacar a pistola .380 e atirar nele. 

Conforme o boletim de ocorrência, Fábio relatou que dormia, quando ouviu o cachorro latir. Ele foi averiguar o que era e ouviu quando um suspeito tentava forçar a porta da sala. Em seguida, pegou a arma, mas percebeu que Leandro já tinha entrado na sala. 

Ainda segundo o registro, Fábio ordenou que Leandro saísse do local, mas não foi obedecido. Temendo ser atacado, o morador atirou contra o suspeito, que correu e caiu na rua. O dono da casa acionou a polícia e o socorro e foi embora do local. 

Leandro foi socorrido pelos Bombeiros até a Santa Casa e não corria risco de morte naquele momento. 

Horas depois, a Polícia Civil conseguiu encontrar Fábio, que prestou o depoimento e foi liberado. A arma de fogo estava regular e foi devolvida ao dono. A faca usada na suposta tentativa de furto ficou apreendida. 

O caso foi registrado como furto e lesão corporal dolosa, na Depac Cepol Piratininga. 

Leia Também

Assassino que colocou fogo em corpo vai responder só por lesão corporal
Polícia
Assassino que colocou fogo em corpo vai responder só por lesão corporal
Decisão do STF sobre ICMS do gás natural evita perda de R$ 1,2 bilhões para MS
Cidades
Decisão do STF sobre ICMS do gás natural evita perda de R$ 1,2 bilhões para MS
Após jogar 'm*** no ventilador’', cantora pivô de escândalo em igreja apaga live no Facebook
Cidade Morena
Após jogar 'm*** no ventilador’', cantora pivô de escândalo em igreja apaga live no Facebook
Virou moda? Candidato a vereador é preso com R$ 15 mil socados na cueca
Geral
Virou moda? Candidato a vereador é preso com R$ 15 mil socados na cueca