Menu
sábado, 25 de setembro de 2021 Campo Grande/MS
Polícia

Mãe e filha reclamam de som alto e têm carro riscado e loja destruída no Mário Covas

Suspeita que estaria bebendo com amigos teria torcido a mão de uma delas

24 julho 2021 - 09h28Por Thiago de Souza

Mulheres de 79 anos e 56 anos foram agredidas fisicamente e tiveram uma picape riscada e a loja destruída, depois de reclamar de som alto, na madrugada deste sábado (24), no Jardim Mário Covas, em Campo Grande. 

Conforme boletim de ocorrência, as duas vítimas dizem que foram pedir que a suspeita, que estava bebendo e acompanhada de outras pessoas, abaixasse o som, em razão de ser tarde da noite. 

As duas discutiram com a suspeita, que teria torcido a mão da mulher de 56 anos. A Polícia Militar foi acionada. A mulher que promovia o som alto negou as agressões e disse que só trocou ofensas verbais com a vítima. 

Ainda segundo o registro policial, a equipe da PM encaminhou as partes envolvidas para a delegacia. No entanto, horas depois, mãe e filha voltaram à polícia e disseram que foram até a UPA Tiradentes cuidar dos ferimentos de uma delas e quando retornaram para a casa, encontraram uma picape Toro toda risca, além da loja que têm na frente da casa destruída. 

As vítimas destacam que o fato ocorreu enquanto elas estavam na delegacia registrando a ocorrência.