Menu
segunda, 20 de setembro de 2021 Campo Grande/MS
Polícia

Mãe e padrasto de bebê internado com sinais de maus-tratos são indiciados pela polícia

Bebê está internado em estado grave com traumatismo craniano e perna quebrada em três partes. Casal disse que o menino caiu de rede

25 dezembro 2018 - 09h01Por Da redação / G1

A Polícia Civil indiciou por maus-tratos a mãe e o padrasto do bebê de um ano e dois meses que deu entrada no Pronto-Socorro da Criança com ferimentos graves na quinta-feira (20), em Manaus. O menino estava com a perna quebrada, além de traumatismo craniano. Em depoimento, casal disse que a criança ficou ferida depois de cair da rede onde dormia.

O crime, segundo a polícia, ocorreu na terça-feira (18). A criança foi encaminhada a um hospital particular e, logo depois, transferida em estado grave para o Pronto-Socorro da Criança, na Zona Leste da capital. O menino estava com a perna quebrada em três partes, traumatismo craniano, o olho esquerdo machucado e um objeto metálico dentro do olho direito.

Por conta da gravidade dos ferimentos, os médicos acionaram o Conselho Tutelar, que chamou a polícia na sexta-feira (21). As fotos do bebê fizeram com que a polícia assumisse as investigações e o casal foi encaminhado para a Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca) para prestar depoimento.

Os pais foram indiciados por maus-tratos após o início da investigação. Em depoimento, eles afirmam que o bebê caiu de uma rede que estava em cima da cama e quebrou a perna após prender o membro entre a parede e a cama. O bebê continua internado em estado grave. Segundo a polícia, ele está com a avó e vai passar por um exame de corpo de delito para saber a origem dos ferimentos.

Os peritos da Polícia Civil devem ir à casa dos pais da criança para avaliar se as lesões são compatíveis com o depoimento que eles prestaram na delegacia.