Maracaju II dengue agosto 2022
TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
terça, 16 de agosto de 2022 Campo Grande/MS
Caruru Governo Agosto 2022
Polícia

Mãe e padrasto de bebê vítima de maus-tratos estão presos e criança apresenta lesões antigas

Criança foi internada na última segunda-feira (26); delegado afirma que responsáveis já teriam agredido a criança antes

28 março 2019 - 17h06Por Nathalia Pelzl

A mãe e o padrasto da bebê de três meses, que está internada na Santa Casa de Campo Grande sedada e entubada, foram presos pela Polícia Civil ontem (27) após a criança ser socorrida com várias lesões pelo corpo. O caso ocorreu na última terça-feira (26), por volta das 16h30, em Camapuã, a 143 quilômetros de Campo Grande.

A criança deu entrada no hospital na última segunda-feira (25), por volta das 16h30, mas apresentava também lesões antigas. Ela está acompanhada pelo avô materno.

Devido a uma fratura no dedo da mão esquerda, a criança precisou passar por uma cirurgia de retirada de pele morta e desbridamento na noite de ontem (27). Ela sofreu uma infecção decorrente da lesão.

O Conselho Tutelar já foi acionado. Segundo informações do hospital, não há previsão de alta para criança.

O delegado Leonardo Antunes disse que de posse dos laudos e já com o mandado de prisão preventiva em mãos, optou por manter a prisão mesmo após os depoimentos. Neles, os responsáveis negam as agressões.

“Alegam que a criança engasgou e desmaiou, só depois foi levada ao hospital. É um caso complexo, a criança já tinha lesões antigas, já ficou internada dez dias em Campo Grande em outra ocasião. Padrasto, de 25 anos, e a mãe, 21 anos, vão ficar presos por enquanto”, disse.

Segundo ele, o local é muito isolado, por isso até o momento não foi constatada nenhuma testemunha. Agora o próximo passo é ouvir os familiares no prazo de dez dias.