Menu
sexta, 30 de julho de 2021
Polícia

Moradores denunciam empresa por 'jagunços' que fazem trabalho da polícia em MS

Seguranças são acusados de abuso de poder em abordagens que deveriam ser feitas pela segurança pública

07 março 2019 - 18h33Por Redação

Moradores de Porto Murtinho, a 431 km de Campo Grande, denunciam funcionários da empresa 'MG Segurança' por se portarem como 'jagunços' e passarem por cima da autoridade policial no município. As acusações foram publicadas pelo jornal Porã News.

A situação teria se agravado quando os seguranças falaram abertamente que 'mandam na polícia da cidade', fazendo a função dos mesmos com abordagens e revistas pessoais, inclusive violando o ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente). A empresa prestaria serviços para a Prefeitura Municipal.

A matéria acusa o chefe de empresa de segurança que, denunciado por ameaçar a uma mulher, não compareceu em audiência judicial.

Outro caso foi registrado em Boletim de Ocorrência na Delegacia de Polícia Civil em outubro de 2018, mas também ninguém foi ouvido pela Justiça. A vítima não teria comparecido ao depoimento por sofrer "velada ameaça", segundo a matéria, de que a polícia não atuaria no caso e a vítima estaria desprotegida na cidade.