(67) 99826-0686
PMCG - REFIS 01 a 30/07/2019

Moradores ouviram grande explosão e dizem que avião caiu de bico em mata

Um dos moradores afirma que o avião começou a voar em círculos antes da queda

15 MAI 2019
Dany Nascimento
09h26min
Foto: André de Abreu

Populares que moram próximo do Aeroporto Santa Maria, em Campo Grande, relatam que ouviram uma grande explosão durante a queda do avião Beechcraft Bonanza, na manhã desta quarta-feira (15). O aposentado Antônio Barbosa Nogueira, 70 anos, diz que exerceu a função de piloto por 50 anos e destaca que as vítimas não poderiam decolar nas condições climáticas desta manhã.

“Eu estava saindo de manhã e vi o avião voando baixo, andou em círculo e só ouvi um estrondo e grande explosão. O fogo subiu e logo desceu.  Não tinha condições do piloto decolar com a aeronave naquelas condições, a visibilidade não estava boa”, afirma o piloto aposentado.

O autônomo Roberson Roncatt, 43 anos, confirma que ouviu o barulho da queda e percebeu que a aeronave caiu de bico na mata. “Não é a primeira vez que um avião cai ali, há quinze anos um outro avião caiu no mesmo local. Eu ouvi o barulho, fui ver onde era, daí vi que o avião caiu de bico no chão”.

Questionado sobre avistar as vítimas, Roberson afirma que não chegou a ver ninguém, já que um buraco se abriu no solo. “Não deu para ver as vítimas, acionamos o Corpo de Bombeiros na hora”.

O tenente Saldanha, do Corpo de Bombeiros, disse que a única informação que possui até o momento é que se trata de um homem e uma mulher. “Quando chegamos no local só tinha destroços. Ainda não tem identificação das vítimas”.

No entanto, o avião pertence ao dono da Ultramedical Pedro Arnaldo dos Santos. Informações iniciais apontam que o médico e a esposa, Silvana Maria Pizzo, viajariam hoje com destino ao Pantanal.

Veja também