TCE MAIO
TJMS MAIO
Menu
terça, 24 de maio de 2022 Campo Grande/MS
CÂMARA MUNICIPAL MAIO 2/3 ANO
Polícia

Mulher grita demais na hora H e caso termina na delegacia

Situação inusitada fez com autora tivesse de assinar Termo Circunstanciado

10 setembro 2018 - 10h10Por Ponta Porã Informa

Na madrugada de sexta-feira (07) a Polícia Militar do Estado do Paraná foi acionada para comparecer na Rua Octávio de Sá Barreto no Jardim Ponta Grossa, onde a solicitante relatou que sua vizinha, que mora no mesmo terreno que o seu, estaria gritando muito e que gostaria de representar contra a autora.

No local, a jovem de 23 anos e seu marido de 26, relataram que dividem o quintal, sendo eles moradores dos fundos e a vizinha da frente, de 39 anos, ao fazer sexo com o cônjuge, permanecia com a janela do quarto aberta e gritava de forma estridente em direção a residência dos solicitantes lhes perturbando o sossego e deixando a filha do casal constrangida com a situação.

A mulher assumiu o fato e acrescentou que o marido da vizinha arremessou pedras em sua janela. Diante dos fatos, ambas as partes foram conduzidas para Delegacia para a lavratura do Termo Circunstanciado. A autora se encontrava em visível estado de embriaguez não havendo condições de se manter diálogo com a mesma, assim a noticiada foi conduzida no camburão da viatura.