(67) 99826-0686
ALMS 13/06 a 12/07

Após ser medicada na UPA Universitário, mulher é transferida e morre no Hospital Regional

A esclarecer

14 DEZ 2013
Juliene Katayama
10h52min

A Polícia Civil investiga a morte de Zenilda Rodrigues, de 45 anos, na tarde de ontem (13), depois de ser medicada no UPA Universitário. A vítima foi encaminhada ao Hospital Regional após ser medicada para tratar de um abscesso no glúteo, uma cavidade contendo pus, formado como resultado de uma infecção localizada.


De acordo com o registro policial, Zenilda acionou o SAMU (Serviço de Atendimento Médico de Urgência) para ser encaminhada até a UPA Universitário para o tratamento de um abscesso no glúteo. Ela estava acompanhada de sua mãe, Eliza Acosta.

Na unidade de saúde, Zenilda foi medicada e por motivos ainda não esclarecidos teve seu estado de saúde agravado. Em decorrência do quadro clínico foi necessário tranferi-la, já entubada, para o Hospital Regional, onde faleceu.

Conforme a Guia de Encaminhamento assinada pela médica Sylvia C. A. Borges, do Hospital Regional, a vítima sofria de Miotonia Familiar e chegou no hospital com edema pulmonar, insuficiência respiratória com necessidade de suporte de ventilação mecânica.

Segundo Simião Altemaia, companheiro de Zenilda, na sexta-feira ela estava falante e só reclamava da dor do abscesso. Já na UPA, a mãe de Zenilda, disse que após ser medicada sua filha começou a perder a consciência, quando foi transferida.

Veja também