ALMS junho neocom
Menu
sábado, 19 de junho de 2021
CONFLITO  18 A 20/06/21
Polícia

Namorado que matou Mariana passa por custódia nesta segunda-feira

O advogado de defesa afirmou que vai aguardar a custódia para entrar com o pedido de habeas corpus

16 maio 2021 - 12h10Por Vinicius Costa

O jovem Rafael de Souza, de 19 anos, e acusado de matar a sua namorada Mariana Vitória Vieira, da mesma idade, passa por audiência de custódia nesta segunda-feira (17) para dar continuidade as investigações do acidente na madrugada deste sábado (15), na Avenida Arquiteto Rubens Gil de Camilo, em Campo Grande.

Para o TopMídiaNews, o advogado de defesa afirmou que vai aguardar a custódia para entrar com o pedido de habeas corpus para pedir que o rapaz responda o processo em liberdade.

O advogado esclareceu que a vítima sustentou a versão apresentada em depoimento horas depois do acidente, na Deam (Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher).

Contudo, ainda no sábado, o Ministério Público de Mato Grosso do Sul pediu a prisão preventiva de Rafael de Souza, acusado de matar a namorada.

Rafael foi preso em flagrante e indiciado pelo crime de homicídio qualificado pelo feminicídio, seguindo como base o artigo 121 do Código Penal. Para o Ministério Público, mesmo que a investigação entenda que não houve feminicídio, já que a situação ainda não está esclarecida, ele deveria permanecer preso.

"É evidente a prática de homicídio, doloso, ainda que por dolo eventual, na medida em que é inconteste que o autuado dirigiu veículo automotor embriagado, levando sua namorada sobre o capô, em via rápida, ceifando a vida da mesma", diz trecho do pedido.