Menu
segunda, 27 de setembro de 2021 Campo Grande/MS
Polícia

Pai estupra filha lésbica para 'mostrar que sexo é melhor com homem'

O homem disse no tribunal que cometeu o crime porque a filha revelou ser lésbica à família. Ele foi condenado a 21 anos de prisão

09 março 2019 - 13h45Por Da redação/Em Tempo

Um homem foi condenado a 21 anos de prisão após estuprar a filha três vezes na cidade de Warkwick, Reino Unido. No tribunal, o acusado - que não teve o nome revelado para preservar a identidade da vítima - disse cometeu o crime porque a filha revelou ser lésbica à família. 

Após a revelação, a jovem - que tinha apenas 16 anos quando foi abusada - disse que o pai a obrigava a fazer sexo com ele para mostrar que “transar com machos era bem melhor”. 

O homem foi considerado culpado pelo júri, que julgou que ele, possuído por uma raiva real e incontrolável, decidiu estuprá-la para mostrar que ela faria sexo melhor com um homem do que com uma mulher. Um desrespeito pela opção sexual dela, além de incesto e sexo com menor de idade. Além dos 21 anos de prisão, o homem será registrado como “abusador sexual”.