Menu
sábado, 26 de setembro de 2020
Polícia

Pais de bebê de oito meses morto por Pitbull podem pegar dois anos de prisão por omissão

Polícia Civil de Antônio João investiga o caso

08 fevereiro 2019 - 09h00Por Nathalia Pelzl

Os pais do bebê de 8 meses, que morreu após ataque de um cachorro Pitbull, na noite desta quarta-feira(6), em Antônio João (cidade distante 320 quilômetros de Campo Grande) podem ser indiciados por omissão de cautela da guarda do animal, tudo depende das circunstâncias que serão analisadas na investigação. 

O crime prevê pena de um a dois anos de prisão, conforme o Código Penal Brasileiro.

Essa é uma hipótese, segundo delegado da Decat (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Ambientais e de Atendimento ao Turista) ouvido pelo TopMídiaNews.

Ele reforçou que tudo vai depender as investigações feitas pelo responsável pelo caso. “Todo policial precisa ir estudar o fato do início ao fim”, afirmou.

O animal tinha livre acesso à residência da família, sendo o xodó de todos, aparentava ser dócil e ninguém imaginaria que reagiria de uma forma tão brutal contra alguém.

Até o momento, não se sabe o motivo o ataque do animal a criança. A Polícia Civil de Antônio João investiga o caso.

O caso

A bebê de 8 meses deu entrada no Hospital Municipal de Antônio João, vítima do ataque do animal de estimação da família, um cachorro da raça Pitbull. Ela chegou ao local já quase sem vida, onde não resistiu à gravidade dos ferimentos e morreu, sendo registrada uma grande perda de massa encefálica.

 

Leia Também

Caminhoneiro de Dourados capota e morre na serra de Maracaju
Interior
Caminhoneiro de Dourados capota e morre na serra de Maracaju
Bandidos não perdoam nem cavalos em Corumbá
Polícia
Bandidos não perdoam nem cavalos em Corumbá
Jovem de 22 anos perde controle de moto e morre na Salgado Filho
Cidade Morena
Jovem de 22 anos perde controle de moto e morre na Salgado Filho
Chuva foi só de um dia mesmo e sábado tem 40ºC na sombra em MS
Cidades
Chuva foi só de um dia mesmo e sábado tem 40ºC na sombra em MS