(67) 99826-0686
Gov - Agosto Lilas 09 a 24/08

PF investiga indígenas que ameaçaram e agrediram companheiros

Situação caótica estava ocorrendo na Aldeia Água Bonita

17 JUL 2019
Maressa Mendonça
14h24min
Investigações da PF começaram em 2016 Foto: Arquivo/TopMídiaNews

Grupo de indígenas que estaria extorquindo outros indígenas moradores da Aldeia Água Bonita, em Campo Grande, foi alvo de uma operação da Polícia Federal nesta quarta-feira (17). Ao todo, 32 agentes da PF cumpriram quatro mandados de busca e apreensão na localidade. 

Conforme as informações divulgadas pela assessoria de imprensa da PF, as investigações começaram em março de 2016 a partir de denúncia de indígenas moradores da aldeia. Eles fizeram algumas diligências e identificaram os suspeitos. 

Mandados de busca e apreensão foram expedidos pela 5ª Vara Federal de Campo Grande e cumpridos hoje. 

A operação foi batizada de “Águas Turbulentas” em alusão a atual situação da Aldeia Água Bonita, sendo que a Polícia Federal busca com a ação retomar a paz no local, em razão do direito à tranquilidade de toda a comunidade indígena que vive no local.

 

Veja também