(67) 99826-0686

PF e FAB apreendem avião carregado com 450 kg de cocaína

Para efeitos de comparação, os 39 kg pegos com sargento da Aeronáutica valiam R$ 5 milhões

7 JUL 2019
G1
17h23min
Foto: Divulgação PF

A ação da Polícia Federal e da Força Aérea Brasileira (FAB) apreendeu 450 kg de cocaína em Roraima, neste sábado (6). A droga estava em um avião monomotor que foi interceptado e fez um pouso forçado na rodovia BR-174, em Iracema, no Sul do estado. O piloto e um ocupante foram presos.

A apreensão recorde deste tipo de droga foi por volta das 9h20 (MS). O piloto e o ocupante tentaram fugir em uma moto roubada, mas acabaram pegos. O entorpecente estava distribuído em pacotes que ocupavam boa parte do interior da aeronave. O tráfego na rodovia chegou a ficar interrompido.

No Brasil, o valor estimado da carga de cocaína ultrapassa os R$ 9 milhões, mas ele pode ser ainda maior no exterior. Para comparação, os 39 kg da droga apreendidos com um militar da aeronáutica brasileira na Espanha no mês passado foram avaliados em R$ 5,8 milhões no país.

Em nota, a FAB informou que a aeronave civil de matrícula PT-JSN foi interceptada por dois caças e fez o pouso não autorizado na rodovia. 

De acordo com a PF, a FAB determinou que os ocupantes se dirigissem até a capital Boa Vista para posterior aterrissagem, mas o piloto acabou fazendo o pouso forçado na BR-174, na zona rural do município de Iracema.
Após a aterrissagem, os dois roubaram uma moto e também tentaram fugir a pé pela mata, mas acabaram sendo presos.

"O piloto da aeronave acabou se entregando, enquanto o outro tripulante foi capturado momentos depois", complementou a PF.

Em depoimento, o piloto disse que a droga foi pega no lado brasileiro da fronteira do Brasil com a Venezuela, mas não quis informar o seu destino.

Os dois presos não tiveram as identidades divulgadas. Eles foram encaminhados à superintendência da PF em Boa Vista e devem seguir para a Penitenciária Agrícola de Monte Cristo, também na capital. O monomotor foi apreendido.

 

Veja também