A+ A-

domingo, 14 de abril de 2024

domingo, 14 de abril de 2024

Entre em nosso grupo

2

Foragido

01/03/2024 14:50

A+ A-

Polícia pede informações de foragido por agredir, estuprar companheira no Noroeste

Segundo a Deam, Ariston teria fugido para o Mato Grosso

A Deam (Delegacia de Atendimento à Mulher) pede ajuda com informações do paradeiro de Ariston Correa, 24 anos, foragido por agredir, estuprar e tentar matar com facas e punhais, a companheira, Luiza Carolina de Arruda da Silva, 38 anos, no Jardim Noroeste, em Campo Grande.

O crime aconteceu da noite de sábado (24), até a manhã de domingo, na casa do casal, onde ele a manteve em cárcere, bateu, humilhou, estuprou e torturou psicologicamente a esposa, com quem se relacionava há 6 meses, por ciúmes do ex-marido da vítima.

Conforme informações policiais, o caso chegou à Deam (Delegacia de Atendimento à Mulher) na tarde de domingo através de boletim de ocorrência da Polícia Militar. 

Segundo o registro, a vítima estava em atendimento médico no CRS (Centro Regional de Saúde) depois de ser ameaçada, estuprada e agredida pelo companheiro que fugiu após cometer o crime. 

Por conta da gravidade, Luiza foi hospitalizada e na terça-feira (27) após receber alta, foi até a delegacia registrar o caso. 

A vítima foi submetida ao exame de corpo de delito, entregou as roupas usadas no dia e pediu medida protetiva de urgência. A delegada de plantão representou judicialmente pela prisão preventiva do autor.

Logo após o deferimento do mandado de prisão, na terça-feira, a equipe de investigação da Deam iniciou as buscas de Ariston Correa, mas, segundo informações obtidas, ele teria fugido para o Estado do Mato Grosso, sendo, atualmente, considerado foragido da Justiça.

Quaisquer informações que levem ao paradeiro do acusado poderão ser comunicadas à Deam.

Carregando Comentários...

Veja também

Ver Mais notícias