Menu
quinta, 24 de setembro de 2020
Polícia

PRF 'azeda' transporte de cigarros do Paraguai avaliados em R$ 1,8 milhão na BR-262

Dois motoristas foram presos e estavam com cerca de 9 mil reais

14 fevereiro 2019 - 17h17Por Thiago de Souza
PRF 'azeda' transporte de cigarros do Paraguai avaliados em R$ 1,8 milhão na BR-262

A Polícia Rodoviária Federal interceptou carregamentos de cigarros vindos do Paraguai, nesta quinta-feira (14), na BR-262, próximo a Campo Grande. Dois motoristas foram presos e o valor da carga é de R$ 1,8 milhão.

Conforme a PRF, denúncia anônima fez os agentes chegarem até o primeiro caminhão, um Volvo/FH12, que carregava um semirreboque, todos com placas de Chapadão do Sul.

Durante a revista, os policiais encontraram centenas de caixas de cigarros, sem documentação.

Ainda segundo a PRF, no celular do motorista da carreta, de 48 anos, havia mensagens em um aplicativo que indicavam conversa com outro motorista que também estaria transportando uma carga de cigarro. Com ele, também estava uma quantia de R$ 4.779.  

Após a apreensão, outra equipe da PRF abordou veículos que seguiam sentido Ribas do Rio Pardo para encontrar o comparsa do primeiro suspeito preso. A carreta foi encontrada no quilômetro 302. Nela, havia também grande quantidade de maços de cigarros.

O motorista da segunda carreta VW 25.370 estava com R$ 3.812 e também foi preso.

O primeiro suspeito declarou que foi contratado para levar o veículo de Ponta Porã até Sete Lagoas (MG). Ele disse não saber o local de entrega. Já o segundo, informou que buscou o veículo em Ponta Porã e levaria até Goiânia (GO).

Os presos, os veículos e as cargas foram encaminhados à Polícia Federal de Campo Grande/MS.

 

Leia Também

Pai que roubou doações para filho com doença rara ganha prisão domiciliar
Geral
Pai que roubou doações para filho com doença rara ganha prisão domiciliar
Pilantra: mulher finge estupro para ganhar seguidores em redes sociais
Geral
Pilantra: mulher finge estupro para ganhar seguidores em redes sociais
Covid-19 mata mais 869 brasileiros em 24 horas, lamenta Ministério da Saúde
Geral
Covid-19 mata mais 869 brasileiros em 24 horas, lamenta Ministério da Saúde
Ladrão com faca invade casa de madrugada e morador 'mete bala' no Tijuca
Polícia
Ladrão com faca invade casa de madrugada e morador 'mete bala' no Tijuca