Menu
terça, 22 de setembro de 2020
Polícia

Quadrilha que fazia tutorial de como ‘pescar’ dinheiro de caixas eletrônicos é presa

O crime não compensa: em um dos furtos, o bando levou R$ 14

10 maio 2019 - 10h56Por Anna Gomes

Uma quadrilha que costumava ‘pescar’ dinheiro de caixas eletrônicos em várias cidades de Mato Grosso do Sul foi presa pelos policiais do Garras (Delegacia de  Repressão de Roubo a Banco, Assaltos e Sequestros). Imagens do circuito de segurança das agências bancárias conseguiram flagrar as ações dos criminosos que, em 11 delitos, conseguiram furtar pouco mais de R$ 2 mil.

Conforme o delegado Fábio Peró, do Garras, os apresentados nesta sexta-feira (10) foram identificados como Luiz Gustavo Cavaleiro, seu irmão, Luiz Fernando Cavalheiro, Juan Daniel e Atilando Batista da Costa.

As ações dos bandidos estavam acontecendo desde fevereiro deste ano. Além da Capital, eles já ‘pescaram’ dinheiro nas cidades de São Gabriel D’oeste, Aquidauana, Nova Alvorada do Sul, Bandeirantes e Sidrolândia. Dois bandidos estão foragidos.

‘Tutorial de pescar dinheiro’

Juan Daniel estava preso desde o mês de fevereiro após roubar uma agência bancária de Mato Grosso do Sul. A prisão dele aconteceu em um motel, onde ele estava com a amante na cidade de São Paulo.

(Ferramenta usada para 'pescar' o dinheiro era escondida em uma capa de violão. Foto: Anna Gomes)

Após a prisão de Juan, de dentro do presídio, o criminoso chamou o irmão, identificado como Érick, para ensinar pessoas a ‘pescar’ dinheiro dos caixas eletrônicos.

O crime não compensa

Das 11 ações registradas, o grupo conseguiu furtar pouco mais de R$ 2 mil. Em um dos furtos, a quadrilha furtou apenas R$ 14.

Envolvimento em outra quadrilha

Atilando Batista da Costa já é figura carimbada da polícia. Ainda de acordo com o delegado Peró, ele trabalhava como motorista de aplicativo e passava informações para uma quadrilha especializada de roubos de carros.

O bando do qual ele fazia parte rendia as vítimas, que ficavam reféns até os outros integrantes da associação criminosa levarem os carros para a Bolívia ou Paraguai. O grupo foi preso neste mês pelos policias da Defurv (Delegacia Especializada de Furtos e Roubos de Veículos). Leia aqui.

Leia Também

Motorista capota veículo abarrotado de drogas ao fugir de abordagem
Interior
Motorista capota veículo abarrotado de drogas ao fugir de abordagem
Trabalhadores do Proinc terão contrato estendido em 12 meses pela Prefeitura
Política
Trabalhadores do Proinc terão contrato estendido em 12 meses pela Prefeitura
Gasolina em Campo Grande chega a R$ 4,39 e reclamação é o que não falta
Cidade Morena
Gasolina em Campo Grande chega a R$ 4,39 e reclamação é o que não falta
NA LATA: auxílio emergencial foi de R$ 5,4 mil e você nem sabia
Na Lata
NA LATA: auxílio emergencial foi de R$ 5,4 mil e você nem sabia