A+ A-

quarta, 22 de maio de 2024

Busca

quarta, 22 de maio de 2024

Link WhatsApp

Entre em nosso grupo

2

WhatsApp Top Mídia News
Campo Grande

há 6 dias

A+ A-

Resistência a patrulhamento termina em pancadaria com a polícia em conveniência no Estrela Dalva

Dono do estabelecimento resistiu às ordens policiais e clientes entraram em confronto com os militares

Dois homens acabaram presos após desrespeitarem uma ordem policial, na madrugada desta quinta-feira (16), em uma conveniência no bairro Estrela Dalva, em Campo Grande. A resistência e desobediência acabou se transformando em um confronto entre os militares e as pessoas presentes.

Segundo boletim de ocorrência, a equipe de Força Tática da PM realizava patrulhamento pelo bairro quando abordou vários homens em uma conveniência. No local, havia grande aglomeração de pessoas utilizando bebida alcoólica e maconha, com cheiro muito forte.

Durante a abordagem, um dos homens presentes, empurrou a equipe e tentou impedir a abordagem. Devido à resistência, os policiais ordenaram que ele saísse do local e apresentasse os alvarás necessários para funcionamento do comércio no local e horário estabelecido, porém, ele não acatou a ordem.

Neste instante, as outras pessoas presentes começaram a jogar cadeiras contra os policiais. Os militares, então, tentaram conter alguns agressores, porém, um deles foi em direção à equipe com socos e pontapés. 

Para se defender, os policias usaram técnicas de imobilização contra o agressor, que mesmo após imobilizado, continuou agressivo e agitado, se machucando. Ele sofreu uma lesão no nariz e um corte no supercílio.

Devido às lesões apresentadas, foi solicitado apoio de uma equipe do Corpo de Bombeiros para realizar o atendimento ao agressor. Uma viatura compareceu ao local, porém o homem negou o suporte médico.

Foi necessário ainda o uso de spray de pimenta para dispersar o restante das pessoas presentes no local. A equipe ainda solicitou o apoio de diversas viaturas da PM para controlar a situação.  

Em seguida, foi dada voz de prisão ao agressor e também ao dono do estabelecimento por desrespeitarem a ordem legal. O proprietário da conveniência não apresentou qualquer alvará ou documentação relacionado a comércio.

Ambos foram encaminhados para a Depac-Cepol (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), onde o caso foi registrado.

Loading

Carregando Comentários...

Veja também

Ver Mais notícias
AMIGOS DA CIDADE MORENA ABRIL NOVEMBRO