Menu
sábado, 15 de agosto de 2020
Polícia

Segundo dia sem Carla: família continua em pânico e não tem pistas do paradeiro de acadêmica

A jovem sumiu na frente da casa onde mora e gritou por socorro: 'estou sendo roubada'

02 julho 2020 - 09h30Por Dany Nascimento

Mais um dia de agonia para a família da estudante Carla Santana Magalhães, 25 anos, que continua desaparecida em Campo Grande. De acordo com a cunhada de Carla, Lucilene dos Santos Vieira, 41 anos, a família não tem nenhuma pista sobre o paradeiro da jovem.

Ela desapareceu na noite da última terça-feira (30), na frente da casa onde mora, no bairro Tiradentes, em Campo Grande. Ela gritou por socorro e desapareceu. A mãe dela encontrou apenas o café que ela havia comprado no mercado e o celular da jovem na frente da casa.

“Não temos pista, infelizmente continuamos sem notícias dela. Não sabemos de nenhuma intriga dela, sempre foi uma menina tranquila, reservada. Não temos conhecimento de nenhum relacionamento dela, estamos desesperados com essa falta de notícia”, diz a cunhada.

Carla não estava saindo de casa e respeitava as orientações de prevenção contra a Covid-19. A mãe da jovem continua em estado de choque e passa noites em claro em busca notícias.

O caso foi registrado na polícia. Imagens de segurança foram repassadas para a polícia analisar as ruas próximo de onde ocorreu o desaparecimento.

Leia Também

Menino de 3 anos não resiste e morre após cair em piscina em Campo Grande
Cidade Morena
Menino de 3 anos não resiste e morre após cair em piscina em Campo Grande
Menino de nove anos é achado morto após ter faca cravada no peito em Douradina
Interior
Menino de nove anos é achado morto após ter faca cravada no peito em Douradina
Homem de 40 anos é executado em conveniência em Ponta Porã
Interior
Homem de 40 anos é executado em conveniência em Ponta Porã
Em delação, 'Doleiro dos doleiros' diz que levava pacotes de dinheiro para donos da Globo
Geral
Em delação, 'Doleiro dos doleiros' diz que levava pacotes de dinheiro para donos da Globo