Menu
terça, 22 de setembro de 2020
Polícia

Suspeito de participar de rede internacional de pedofilia é preso em MS

Policiais apreenderam computador e celular cheio de imagens pornográficas de crianças e adolescentes

15 fevereiro 2019 - 12h02Por Diana Christie

Noacair Cardoso Pavão, 45 anos, foi preso, na manhã desta sexta-feira (15), acusado de ter envolvimento em uma rede de pedofilia. Ele é investigado pela DAM (Delegacia de Atendimento à Mulher) de Ponta Porã.

A prisão aconteceu com apoio do SIG (Setor de Investigações Gerais) e do Garras (Delegacia Especializada de Repreensão de Roubos a Bancos, Assaltos e Sequestros), coordenados pelo delegado Mikail Gouveia Faria, no bairro Ignez Andreazza.

De acordo com a polícia ao jornal Conesul News, Noacir seria o fornecedor de material pornográfico infantil à rede de pedofilia, que estaria atuando em Mato Grosso do Sul, outros estados e países vizinhos.

Na casa do homem, os policiais apreenderam um celular com vários vídeos e imagens de crianças, um computador, além de filmes e objetos que evidenciam a participação dele no crime.

Noacir também recebia pornografia de diversas partes do Brasil. 

Ele morava com a mãe e usava a casa para praticar crimes contra mais duas crianças, de seis a 12 anos.

As investigações também apontaram que o acusado utilizava as redes sociais para se comunicar com as vítimas. 

Segundo o jornal Conesul News, a prisão faz parte da operação Fronteira Segura e a polícia continua na busca de identificar os demais envolvidos nessa rede de pedofilia. 

Leia Também

Homem de 62 anos se masturba enquanto chama criança de oito anos para sexo em Coxim
Interior
Homem de 62 anos se masturba enquanto chama criança de oito anos para sexo em Coxim
De 36 detentos, só dois foram recapturados após fuga em massa por causa da covid no PR
Geral
De 36 detentos, só dois foram recapturados após fuga em massa por causa da covid no PR
Com 836 óbitos no dia, total de brasileiros mortos na pandemia chega a 138 mil
Geral
Com 836 óbitos no dia, total de brasileiros mortos na pandemia chega a 138 mil
Quadro em branco: aula na rede municipal só online e retorno presencial segue indefinido
Cidade Morena
Quadro em branco: aula na rede municipal só online e retorno presencial segue indefinido