(67) 99826-0686
PMCG - REFIS 01 a 30/07/2019

'Tarado do Whastapp': suspeito de furtar calcinhas e deixar bilhetes para moradoras é preso

O suspeito invadia casas para furtar peças íntimas e também filmava mulheres em cima do muro

25 MAR 2019
Da redação/JP News
14h50min
Foto: Reprodução/JP News

Policiais civis da Delegacia de Atendimento à Mulher (DAM) de Três Lagoas prenderam um homem, de 46 anos, suspeito de furtar calcinhas de mulheres e deixar bilhetes obscenos nas casas. Além disso, ele fazia chamada de vídeos e aparecia se masturbando e, por isso, ficou conhecido como o “Tarado do WhatsApp”.

O homem era investigado há semanas e foi preso na sexta-feira (22). De acordo com a delegada titular, Letícia Mobis, cinco mulheres foram identificadas. “Quatro delas residem na Vila Piloto e uma no Parque das Mangueiras. Em dois casos, houve o furto de calcinhas do varal e em outros três o suspeito realizou chamada de vídeo onde aparecia se masturbando.

Antes de fugir, ele deixava bilhetes com dizeres que apontavam o quanto ele conhecia a rotina das vítimas”, detalhou. O suspeito também é investigado por filmar outras mulheres por cima do muro. “Ele filmava mulheres dentro de suas casas, através de janelas e muros. Também possuía uma lista de telefones de futuras vítimas. Muitas elas com DDD 18, o que indica que pode haver vítimas em cidades do oeste paulista”, explica.

Veja também