Menu
Busca quarta, 08 de julho de 2020
REFIS SAUDE
Polícia

'Tarado do Whastapp': suspeito de furtar calcinhas e deixar bilhetes para moradoras é preso

O suspeito invadia casas para furtar peças íntimas e também filmava mulheres em cima do muro

25 março 2019 - 14h50Por Da redação/JP News

Policiais civis da Delegacia de Atendimento à Mulher (DAM) de Três Lagoas prenderam um homem, de 46 anos, suspeito de furtar calcinhas de mulheres e deixar bilhetes obscenos nas casas. Além disso, ele fazia chamada de vídeos e aparecia se masturbando e, por isso, ficou conhecido como o “Tarado do WhatsApp”.

O homem era investigado há semanas e foi preso na sexta-feira (22). De acordo com a delegada titular, Letícia Mobis, cinco mulheres foram identificadas. “Quatro delas residem na Vila Piloto e uma no Parque das Mangueiras. Em dois casos, houve o furto de calcinhas do varal e em outros três o suspeito realizou chamada de vídeo onde aparecia se masturbando.

Antes de fugir, ele deixava bilhetes com dizeres que apontavam o quanto ele conhecia a rotina das vítimas”, detalhou. O suspeito também é investigado por filmar outras mulheres por cima do muro. “Ele filmava mulheres dentro de suas casas, através de janelas e muros. Também possuía uma lista de telefones de futuras vítimas. Muitas elas com DDD 18, o que indica que pode haver vítimas em cidades do oeste paulista”, explica.

Leia Também

Filho de desembargadora tem 48 horas para voltar a presídio
Polícia
Filho de desembargadora tem 48 horas para voltar a presídio
Com mais seis vidas perdidas, Mato Grosso do Sul passa dos 11 mil casos de coronavírus
Saúde
Com mais seis vidas perdidas, Mato Grosso do Sul passa dos 11 mil casos de coronavírus
Quarta-feira gelada tem live de Sepultura, Mumuzinho, Supla e mais
Geral
Quarta-feira gelada tem live de Sepultura, Mumuzinho, Supla e mais
Em MS, exportações de carne de aves disparam com rígido protocolo de biossegurança
Economia
Em MS, exportações de carne de aves disparam com rígido protocolo de biossegurança