Menu
Busca segunda, 27 de janeiro de 2020
Polícia

Tortura e morte de detento em cela desencadeia operação com 12 presos em MS

Criminoso foi vítima de 'empalamento' e nenhum dos colegas de cela disse ter visto o crime

04 junho 2019 - 19h32Por Thiago de Souza
Tortura e morte de detento em cela desencadeia operação com 12 presos em MS

Polícias civil e militar e Batalhão de Choque deflagraram a Operação Despautério, na manhã desta terça-feira (4), em Três Lagoas. O objetivo é elucidar o assassinato do detento Patrick Conrado da Silva Leste, morto por crueldade no dia 16 de maio, na Penitenciária de Segurança Máxima.

Até o momento, 12 suspeitos foram presos por ligação com o crime. Também havia outros nove mandados de prisão preventiva ligadas ao caso. As investigações começaram, segundo a Rádio Caçula, logo após a morte do criminoso ser constatada.

A linha de raciocínio dos policiais partiu de uma informação de que a vítima era conhecida como "Patrick Delator", ou ainda o "Patrick Cagueta", apelido dado àqueles que informam as autoridades sobre criminosos ou ações criminosas, dentro e fora dos presídios.

Patrick morreu em 16 de maio. (Foto: arquivo pessoal)

A necrópsia no corpo de Patrick revelou que ele foi morto com requintes de crueldade, sendo que um pedaço de madeira foi enfiado no ânus dele, prática conhecida pela criminalística como ''empalamento''.

A Polícia Civil ouviu os presidiários que dividiam espaço com a vítima e todos afirmaram que nada sabiam sobre a morte. Eles justificaram que estavam dormindo na ocasião, ou não viram e até mesmo que são usuários de remédios controlados "tarja preta" , por isso caem em sono profundo.

Despautério

O nome da operação significa um grande disparate; tolice de marca maior, ou ainda contrassenso, desconchavo e despropósito. É sinônimo também de estolidez, asneira, disparate, tolice, desconchavo e irracionalidade.

Os presos na operação são: Odair Pereira de Souza - Romário do Nascimento Brandão -
Rodrigo de Carvalho Martins Matheus Borges de Moura - Douglas Pacheco - Aldinei Araújo Bezerra de Souza - Paulo Victor de Lima - Tarik Lopes - Wendsmar Dias Da Silva  - Wellington Rodrigues Ciosta e Diego Alves Shervesqui.