TCE MAIO
(67) 99826-0686
Camara Maio

Vídeo: 'eu odeio você, você matou o meu filho a troco de nada', grita pai para policial

PRF matou o empresário Adriano Correia durante briga de trânsito

31 DEZ 2016
Rodson Willyams
12h03min

Um dia que deveria ser de comemoração, confraternização, marca a vida de uma família em Campo Grande. A morte trágica do empresário Adriano Correia do Nascimento, 33 anos, baleado por um policial rodoviário federal é a história trágica deste sábado (31), último dia do ano em Campo Grande.

Vídeo gravado por populares, que circula nas redes sociais, registrara o momento em que o pai do empresário,grita desesperado pela morte do filho e acusa o policial ter matado o empresário a 'troco de nada'. "Eu odeio você, você matou o meu filho, matou a troco de nada", afirma.

O pai diz em determinada momento que o empresário teria 'fechado' o policial, mas que não seria razão para fazer o disparos contra o veículo. "Nós não fizemos nada, tinha uma criança dentro do carro. O Adriano está morto dentro do carro e não fizemos nada", diz, aos gritos, o pai.

Em dado momento, o pai ainda pede para os policiais que estão no local, para que ele seja preso. "Prende esse cara pelo amor de Deus! Ele nem se identificou que era policial, ele atirou em nós. Atirou na gente do nada, não fizemos nada", afirma.

O pai desolado ainda afirma que o policial seria responsável pela morte do filho. "Esse cara é o responsável, só porque nós fechamos ele, ele veio". E diz, "o Adriano está ali dentro morto a troco de nada. Esse cara matou a minha família a troco de nada, é um cara, é um assassino", finaliza.

A Assessoria da Polícia Rodoviária Federal (PRF) emitiu nota informando que o policial se apresentou na sede da Depac Centro a qual presta esclarecimento. E afirmou que a perícia já tinha sido feito no local.

Além de Adriano, o pai, havia dentro do carro, um adolescente de 17 anos que foi atingido na perna. O policial segue detido na delegacia e não foi preso em flagrante.

Veja o vídeo: 

Veja também