Menu
domingo, 28 de novembro de 2021 Campo Grande/MS
pmcg revia negocios
Política

Fim da indecisão: seis candidatos entram na disputa ao Governo e 13 ao Senado

Apenas Pedro Chaves aparece na lista mesmo tendo desistido da campanha; demais nomes estão confirmados

16 agosto 2018 - 11h10Por Rodson Willyams

Com o fim do período do registro de candidaturas, a Justiça Eleitoral de Mato Grosso do Sul confirma o registro de seis candidatos ao Governo do Estado e mais 13 senadores.

Para o Governo do Estado, o TRE-MS registrou as candidaturas de Humberto Amaducci com a vice Luciene Silva, ambos do Partido dos Trabalhadores (PT); João Alfredo e a vice Osvaldina Freitas, a Dina Freitas, ambos pelo PSOL. Pelo PDT, foi homologada a candidatura do juiz federal aposentado Odilon de Oliveira com o seu vice Marcos Vitor (PRB).

De última hora, o MDB registrou a candidatura do presidente da ALMS, Junior Mochi, e da sua vice, Tania Garib, do mesmo partido. Marcelo Bluma (PV) e a vice Ana Maria Bernardelli (Rede) também colocaram os nomes para o pleito e a lista fecha com o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) com o vice Murilo Zauith (DEM).

Senado Federal

A lista de candidatos ao Senado Federal totaliza 13 pessoas: Anisio Guato (Psol), Dorival Betini (PMB), Beto Figueiró (PODE); Cesar Nocolatti (PTC), Marcelo Miglioli (PSDB), Mario Fonseca (PCdoB), Waldemir Moka (MDB), Nelsinho Trad (PTB), Sérgio Harfouche (PSC), Soraya Thronicke (PSL), Thaigo Freitas (PPL), Zeca do PT e, mesmo desistindo da campanha, há o registro de Pedro Chaves (PRB).


Candidatos ao Senado. Foto: André de Abreu / Divulgação / Facebook.

Conforme o calendário da Justiça Federal, a partir de hoje (16), a campanha eleitoral começa e segue por 45 dias. Todas as campanhas estão aguardando julgamento para validar o registro.