TCE JUNHO 2022
TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
terça, 28 de junho de 2022 Campo Grande/MS
GOV ENERGIA ZERO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
Política

Exonerado, Dácio Côrrea agradece Marquinhos Trad e fala em conquistas à frente do Picolé

O colunista disse que adquiriu experiência 'ímpar' ao comandar o Picolé

23 fevereiro 2017 - 09h20Por Dany Nascimento

Após ser flagrado embarcando para o Rio de Janeiro em pleno horário de expediente, o jornalista Dácio Correa,  que pediu exoneração após ficar oficialmente dois dias a frente do Centro Multiuso José Pereira Guedes "O Picolé", fez uma publicação especial direcionada para o prefeito Marquinhos Trad (PSD), alegando que adquiriu uma "experiência ímpar" ao comandar o local.

Na postagem, Dácio relembra que ficou 50 dias a Frente do 'Picolé' e diz que Trad deu a oportunidade para o colunista conhecer o lado humano das pessoas atendidas no centro multiuso. "Quero aqui agradecer esses 50 dias que estive à frente do Centro Multiuso José Pereira Guedes 'O Picolé' onde consegui realizar um trabalho incrível para os menos favorecidos. Uma experiência Ímpar.Quero agradecer também ao Prefeito Marquinhos Trad por ter me dado a oportunidade de ter conhecido o lado humano das pessoas no Picolé".

Além de agradecer o Chefe do Executivo, Dácio destacou agradecimentos especiais para parlamentares, que teriam ajudado na conquista de emendas que totalizam R$ 905 mil. "Quero deixar aqui registrado o meu agradecimento especial aos meus amigos, Senador Pedro Chaves, Deputado Federal Dagoberto Nogueira, Deputado Federal Vander Loubet, Deputado Federal Carlos Henrique Mandetta e o Deputado Estadual Beto Pereira que através das emendas que consegui, vamos transformar aquele Picolé em um Milk Shake! Totalizando R$ 905 Mil Reais. Valeuuuuu! Vida que segue".

Ao tomar conhecimento da viagem de Dácio, o prefeito afirmou que só tomou conhecimento do caso através da imprensa e afirmou que se tivesse conhecimento que ele retornaria apenas na sexta-feira (24), já publicaria a demissão no Diário Oficial.

Se ele tivesse me dito que retornava só na sexta, já estaria demitido no diário de hoje. Mas ontem mesmo conseguiu primeiro horário de voo. Achei de boa cautela ouvi-lo para tomar uma decisão”, disse o prefeito.

Além disso, Marcos Marcello alegou que irá realiza sindicância para apurar a responsabilidade pela prefeitura ter divulgado nota oficial de que Dácio Corrêa estaria em Campo Grande. “Não li a nota. Foi um dia tumultuado. Se a assessoria da prefeitura ratificou que ele estaria em Campo Grande, vamos apurar o que aconteceu. Avalizaram uma mentira”, disse.