Menu
domingo, 20 de setembro de 2020
Política

Aula com charge de Trump e Bolsonaro termina em demissão de professor

Ele teria sido demitido depois de aplicar atividade com imagem a alunos

23 março 2019 - 08h15Por Da redação/Meia Hora

O professor Marcos Antônio Tavares da Silva foi afastado de suas funções no colégio Liceu de Humanidades de Campos dos Goytacazes, no interior do Rio, após utilizar uma charge ironizando o presidente Jair Bolsonaro e o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. De acordo com informações, o professor de português aplicou a atividade aos alunos do 3º ano para que interpretassem elementos de ironia e humor. Silva teria sido afastado por "ordens superiores".

Marcos Antoni teria recebido a notícia de sua demissão por telefone pela diretora do colégio. A reportagem tentou contato com o professor, mas não conseguiu. Em nota, a Secretaria de Estado de Educação (Seeduc) não esclareceu a suposta ordem de afastamento do professor vinda do governador, mas confirmou o afastamento.

"A Secretaria de Estado de Educação (Seeduc) tomou a decisão de suspender o professor na última quinta-feira. Nesta sexta-feira, dia 22, foi aberta uma sindicância para apurar o caso. A partir de então, o professor ficará afastado das atividades até a conclusão do processo. Um docente será alocado para ministrar as aulas, sem necessidade de interrupção das atividades e do conteúdo da disciplina."

Leia Também

Filho morre  de covid-19 oito horas após a mãe em Santa Catarina
CORONAVÍRUS
Filho morre de covid-19 oito horas após a mãe em Santa Catarina
Menino risca carro com bicicleta e deixa bilhete para proprietário
Geral
Menino risca carro com bicicleta e deixa bilhete para proprietário
Força-tarefa em MS intensifica ações e controla focos de calor no Pantanal
Cidades
Força-tarefa em MS intensifica ações e controla focos de calor no Pantanal
Infectados com covid-19 que saírem de casa vão pagar até R$ 70 mil de multa
Geral
Infectados com covid-19 que saírem de casa vão pagar até R$ 70 mil de multa