(67) 99826-0686

Bernal lidera rejeição para prefeito, diz pesquisa Vale/SBT

Na outra ponta, Adalton Garcia possui o menor índice de rejeição entre os entrevistados

30 SET 2016
Diana Christie
13h50min
Foto: André de Abreu

Com 28,8%, o candidato à reeleição, prefeito Alcides Bernal (PP), lidera os índices de rejeição entre os eleitores de Campo Grande, segundo a pesquisa Vale/SBT, divulgada nesta sexta-feira (30). Ao todo foram 1,2 mil entrevistados e a margem de erro é de 2,8 pontos percentuais para mais ou para menos.

Na sequência, entre os mais rejeitados aparecem os candidatos Alex do PT, com 15,25% das respostas, a vice-governadora Rose Modesto (PSDB), com 15,2%, e o deputado estadual Marquinhos Trad (PSD), com 12,9%. Dos 1,2 mil entrevistados, 1,8% afirmou que não votaria em Marcelo Bluma (PV) e 1,2% em Suél Ferranti (PSTU).

Por volta de 0,9% dos entrevistados desconsidera a candidatura de Coronel David (PSC) como opção, 0,8% rejeita Athayde Nery (PPS) e 0,75% não quer saber de Pedro Pedrossian Filho (PMB). Na sequência, aparece Rosana Santos com 0,7% de rejeição, Elizeu Amarilha (PSDC) com 0,6%, enquanto José Arce (PCO) e Aroldo Figueiró com ficaram com 0,5% cada um.

Famoso pelo bordão ‘não tenho mais tempo, preciso pedir voto’, o candidato Adalton Garcia (PRTB) possui o menor índice de rejeição entre os entrevistados, com 0,3%. Não sabem ou não responderam à questão somam 19,8% dos entrevistados.

Coordenada pela Vale Consultoria e Assessoria Ltda e divulgada pelo SBT, a pesquisa, registrada no TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral) pelo Nº MS-02269/2016, foi realizada entre os dias 21 e 24 de setembro. Apesar dos altos índices de rejeição, Marquinhos e Rose ainda aparecem a frente dos demais candidatos. 

Veja também