Menu
terça, 20 de outubro de 2020
Política

Bolsonaro diz que está aberto a sugestões para recuperação da economia pós pandemia

Estado de emergência por causa da covid-19 termina em 31 de dezembro

29 setembro 2020 - 12h46Por Nathalia Pelzl

O presidente Jair Bolsonaro disse hoje (29) que o governo está aberto a sugestões dos líderes partidários para à recuperação da economia e ao enfrentamento dos problemas sociais que podem surgir a partir do próximo ano.

O estado de emergência em razão da pandemia da covid-19 acaba em 31 de dezembro.

“O meu governo busca se antecipar aos graves problemas sociais que podem surgir em 2021, caso nada se faça para atender a essa massa que tudo, ou quase tudo, perdeu. A responsabilidade fiscal e o respeito ao teto são os trilhos da economia. Estamos abertos a sugestões juntamente com os líderes partidários”, escreveu em publicação nas redes sociais.

Ontem (28), Bolsonaro anunciou o Renda Cidadã, novo programa de transferência de renda do governo, que substituirá o auxílio emergencial e o Bolsa Família.

O programa será financiado com parte dos recursos de pagamento de precatórios e do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

A proposta foi acordada entre o governo e líderes da base e deverá ser apresentada na Proposta de Emenda à Constituição (PEC) do Pacto Federativo e na PEC Emergencial, que tratam da desindexação dos gastos públicos.

Leia Também

Que é isso rapaz? Pescadores encontram tubarão albino de um olho só
Geral
Que é isso rapaz? Pescadores encontram tubarão albino de um olho só
Justiça bloqueia R$ 29 milhões de Dória por propaganda irregular quando era prefeito
Geral
Justiça bloqueia R$ 29 milhões de Dória por propaganda irregular quando era prefeito
Assassina do marido em Dourados é presa em Campo Grande
Interior
Assassina do marido em Dourados é presa em Campo Grande
Vídeo íntimo de pastor de MS vaza e Assembleia de Deus convoca reunião de emergência
Cidades
Vídeo íntimo de pastor de MS vaza e Assembleia de Deus convoca reunião de emergência