TJMS JANEIRO
Menu
quinta, 20 de janeiro de 2022 Campo Grande/MS
Política

Bolsonaro já tem time oficial de candidatos em Mato Grosso do Sul

Convenção do PSL definiu os nomes que irão compor as chapas do partido nas eleições deste ano

06 agosto 2018 - 10h01Por Redação com assessoria

Candidato à presidência, o deputado federal Jair Bolsonaro está com o seu time completo em Mato Grosso do Sul. Isso porque, o PSL decidiu em convenção a lista oficial de candidatos ao Senado, deputados federais e deputados estaduais do partido no Estado. O encontro da legenda ocorreu no sábado (4), na Câmara Municipal de Campo Grande, com a presença de aproximadamente 300 pessoas.

“Tenho certeza do quanto esse ano será histórico para a democracia brasileira, por conta da oportunidade única de escolhermos alguém como Jair Bolsonaro para liderar o Brasil a uma mudança de verdade”, salienta o Capitão Contar, oficial da ativa do Exército Brasileiro e um dos candidatos a deputado estadual do partido.

Presidente do PSL em Mato Grosso do Sul, Rodolfo Nogueira enfatizou a confiança dada por Jair Bolsonaro na sua missão de reestruturar o partido no Estado. “Poderemos finalmente escolher o melhor candidato a guiar os rumos do Brasil. Não o menos pior como sempre foi em todos os pleitos”, falou.

Candidata ao Senado pelo PSL, a advogada Soraya Tronick destacou as mudanças desde o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT). "O movimento Fora Dilma foi muito importante, e não parou naquelas manifestações. A indignação é importante, como o ativismo digital também, só que é necessário fazermos mais pelo Brasil”.

“Por isso, surgiu uma renovação de verdade, com pessoas de bem lançando o nome para a disputa de cargos públicos, no intuito de ajudar o Jair Bolsonaro a dar jeito no país. E andar com ele é para os fortes. Vamos organizar o maior exército de voluntários que esse país já viu", completou.

Pai dos músicos da dupla Jads & Jadson, o Zé da Viola, que disputará o cargo de deputado federal, também enfatizou o nome do candidato à presidência.  "O Brasil está mergulhado em uma lama jamais vista, um cenário que nos exige coragem para mudar, e no PSL tem essa coragem e patriotismo para mudar as coisas. Mudar de verdade, como o Bolsonaro fala".