Menu
quinta, 05 de agosto de 2021
Política

CPI vota requerimentos e ouve defensores da cloroquina nesta sexta

Calheiros convocou uma coletiva para anunciar os nomes de testemunhas que passarão à condição de investigadas pela CPI

18 junho 2021 - 08h44Por Nathalia Pelzl

Os integrantes da CPI da Covid se reúnem a partir das 9h para analisar 40 requerimentos e, também para ouvir médicos defensores do uso de cloroquina, medicamento comprovadamente ineficaz contra a doença. As informações são do G1. 

Além disso, o relator Renan Calheiros (MDB-AL) convocou uma coletiva de imprensa para anunciar os nomes de testemunhas que passarão à condição de investigadas pela CPI.

Conforme divulgado, entre os pedidos que poderão ser votados nesta sexta-feira, estão os de convocações do governador Claudio Castro (PL), do Rio de Janeiro, e de Alexandre Chieppe, secretário estadual de Saúde do Rio.

Também está na pauta de votações da CPI a proposta de realização de uma "diligência" para ouvir, na condição de testemunha e em sessão secreta, o ex-governador do Rio Wilson Witzel.

Witzel compareceu à CPI na última quarta-feira (16) protegido por um habeas corpus concedido pelo ministro Nunes Marques, do STF. 

Ele discutiu com o senador Flavio Bolsonaro (Patriota-RJ), filho do presidente Jair Bolsonaro, e pediu para encerrar a participação mais cedo.

O ex-governador declarou, contudo, que tem informações "graves" a revelar e se comprometeu a voltar à CPI em uma reunião secreta, a portas fechadas.

Na segunda parte da reunião da CPI, será realizada uma audiência pública com os médicos Ricardo Ariel Zimerman e Francisco Cardoso Alves.