Menu
Busca quinta, 14 de novembro de 2019
Política

Deputado Bolsonarista diz que 'não vê a hora de Lula morrer'

Coronel Tadeu afirmou que fala não é 'discurso de ódio, e sim de paz'

10 novembro 2019 - 08h45Por Rayani Santa Cruz

O deputado federal Coronel Tadeu (PSL-SP) afirmou no sábado (9) que não vê a hora “do Lula morrer”. A frase foi publicada em seu perfil no Twitter durante a tarde, poucas horas depois de o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva fazer um discurso em tom crítico ao presidente Jair Bolsonaro (PSL) na sede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo. 

Conforme a revista Veja, Coronel Tadeu protestou diversas vezes contra a saída de Lula da prisão. O ex-presidente deixou a Superintendência da Polícia Federal em Curitiba nesta sexta-feira, menos de 24 horas depois de o Supremo Tribunal Federal (STF) barrar prisões após condenação em segunda instância.

Ontem o petista chegou a São Paulo e se encaminhou para São Bernardo do Campo, no Grande ABC, onde fez um discurso para a militância. Lula afirmou que Bolsonaro não foi eleito para “governar para milicianos do Rio de Janeiro” e chamou o ministro da Justiça Sergio Moro de “canalha”.