TCE MAIO
(67) 99826-0686
Camara Maio

Derrotada nas urnas, Luiza Ribeiro esquece que já pediu 'Fora Temer' e assume cargo federal

Vereadora foi nomeada hoje para a secretaria da Cidadania e Diversidade Cultural do Minc

27 DEZ 2016
Thiago de Souza
19h00min
Ribeiro criticou Temer, mas pegou cargo em seu governo Foto: Geovanni Gomes

A vereadora Luiza Ribeiro (PPS), e recém nomeada secretária da Cidadania e Diversidade Cultural do Ministério da Cultura esqueceu o discurso raivoso que tinha contra o presidente Michel Temer e assumiu um cargo, justamente no governo dele.

Em sua rede social, Ribeiro postou em março deste ano: "Deus me livre, fora Michel Temer, também não tenho bandido de estimação". Mas as críticas não ficaram somente contra o ex-vice presidente. Luiza Ribeiro participou de todas as manifestações que pediram o ‘Fora Dilma’ na Capital, tendo ela lançado nessas ocasiões um movimento chamado ‘esquerda democrática’. 

Luiza carrega consigo um eleitorado completamente avesso a Michel Temer. Ela é ligada a classe artística da Capital, dos grupos LGBT’s, negros e feministas. Mesmo assim, o apoio dessas ‘minorias’ não lhe rendeu um segundo mandato na Câmara Municipal. 
 

Luiza Ribeiro Gonçalves é advogada, filiada ao PPS, mesmo partido do ministro da Cultura, Roberto Freire. 

A ocupante anterior do cargo de secretária da Cidadania, Renata Bittencourt, foi exonerada, de acordo com despacho publicado no Diário Oficial da União desta terça-feira, 27. Renata havia sido indicada pelo ex-ministro da Cultura Marcelo Calero, que deixou o cargo em novembro após conflitos com o então ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima.

 

 

Veja também