TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
domingo, 26 de junho de 2022 Campo Grande/MS
GOV ENERGIA ZERO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
Política

“É um prazer ver com CPF cancelado um autor de ataques covardes” diz deputado

A Assembleia Legislativa aprovou moção de pesar pela morte de dois policiais civis

10 junho 2020 - 14h43Por Rayani Santa Cruz

“É um prazer ver com CPF cancelado um autor de ataques covardes à Polícia Militar, contra as nossas forças de segurança”, disse o deputado estadual João Henrique (PL) ao votar favorável a moção de pesar para os policiais civis, Antônio Marcos Roque da Silva e Jorge Silva dos Santos mortos na terça-feira (9) em horário de trabalho, em Campo Grande. 

Para João Henrique, os cidadãos ficam satisfeitos quando ‘heróis se transformam em lendas e deixam legado de dignidade e trabalho na cidade.

A homenagem coletiva foi comentada por vários deputados. Coronel David (sem partido) disse que a moção expressa dor e sofrimento pela forma Barbara do crime. “Um fato desses nos entristece e nos torna órfãos a cada dia. Muito foi feito a contragosto de muitos e a aprovação da Lei de Abuso de Autoridade dificulta muito o trabalho da polícia e há limitações na conduta de policiais no cumprimento de seus deveres”, disse David.

Barbosinha (DEM) parabenizou a ação rápida das forças policiais. “Um preso e o outro com o CPF cancelado ao reagir, e é importante que a segurança do MS dá a pronta resposta. E dizer a bandidagem que as forças de segurança de MS estão passíveis a acontecer o que aconteceu, mas a resposta é rápida”. 

Eles eram lotados na Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos (Derf). Antônio Marcos Roque da Silva e Jorge Silva dos Santos estavam trabalhando e todos os deputados lamentaram o crime que tirou a vida dos dois, prestando condolências às famílias e aos profissionais da segurança pública.