TJ BANNER JUNHO 2022
PREF MARACAJU JUNHO REFIS 2022
Menu
sábado, 25 de junho de 2022 Campo Grande/MS
GOV ENERGIA ZERO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
Política

ELEIÇÕES 2020: pode haver ABSTENÇÃO como nunca

A preocupação dos vereadores é por conta da pandemia; um deles é favorável a eleições gerais

20 junho 2020 - 18h10Por Rayani Santa Cruz

O presidente da Câmara, vereador João Rocha (PSDB) e o vereador Betinho (Republicanos) acreditam que haverá grande abstenção, nas eleições 2020. As datas serão definidas entre o dia 15 de novembro e 20 de dezembro.

Para Rocha, o momento é extremamente delicado, e realizar eleições esse ano é uma garantia de “democracia aos pedaços”. Numa visão geral, ele acredita que como existe uma comoção mundial diante da pandemia da covid-19, fazer campanha política e pedir votos não seria o ideal. Ele é a favor de eleições gerais.

“É um momento delicado, e penso que o ideal mesmo seria discutirmos uma reforma polícia. Aproveitar esse momento para repensar na forma de se fazer eleições. Sou a favor de eleições gerais para todos os cargos e com a reforma estabelecer as regras. O adiamento foi uma decisão sabia, mas mais sábio ainda seria a reforma política e decidir pelas gerais”, explicou.

Abstenção 

Segundo ele, a preocupação é em relação à grande abstenção já prevista. “Acredito numa abstenção ainda maior por vários aspectos. A pessoa não vai sair de casa para votar pelo medo de pegar o coronavírus, por não estar motivada a votar diante da crise mundial, por não ter acesso às campanhas virtuais, pois muitos não possuem internet ou até mesmo aparelho celular, então são vários fatores. Porém, vamos enfrentar o desafio pelo que for decidido”.

O vereador Betinho também acredita que o grande desafio desse ano, será fazer frente a grande abstenção prevista. “São duas preocupações, a primeira com as pessoas por conta da curva em ascensão e a segunda é sobre a eficácia do adiamento em apenas um mês. Acredito que o pleito vai ser desafiador para o político”, finaliza Betinho.