Tribunal de Contas
(67) 99826-0686
Camara - marco

Haddad sobe o tom das críticas e passa a chamar presidente da República somente de 'Bozo'

Derrotado em suas duas últimas eleições, ex-prefeito de São Paulo também ironia recuos do novo governo

11 JAN 2019
Thiago de Souza com informações do O Antagonista
19h34min

Fernando Haddad, professor de direito, que durante a eleição costumava se dirigir ao rival como 'deputado Jair Bolsonaro', passou a chamá-lo de Bozo.

Em seu post mais recente nas redes sociais, o petista, derrotado nas eleições, ironizou a anulação de uma multa ambiental que o Ibama aplicou ao presidente, então deputado em 2012.
Haddad ironizou o fato de Bolsonaro ter dito que a multa teria sido aplicada por um ''fiscal comunista''.

O petista ironizou também, a seus 1,4 milhões de seguidores, o fato de Bolsonaro recuar em algumas de suas decisões.

''Antes de defender uma 'bozoideia', espere 24h. Poupa o esforço de defender o recuo'', brincou. Esse post foi em relação ao anúncio de uma base militar norte-americana, cuja ideia foi logo descartada pelo governo.

O ex-prefeito de São Paulo teria dito que poupou de críticas por seis meses seu outro rival, João Dória, hoje governador de SP, por entender que ele estava sendo respeitoso com ele e sua família. Hoje, garante que isso não pode se aplicar a Jair Bolsonaro.   

Conforme o site O Antagonista, o professor acadêmico é réu na Lava Jato, acusado de receber propina das empreiteiras.

Veja também