(67) 99826-0686
ALMS 13/06 a 12/07

Perícia criminal foi fundamental para investigações da Coffee Break, revela promotor

Marcos Alex destacou o trabalho dos peritos criminais, que atuam na coleta de provas

4 DEZ 2016
Rodson Willyams
12h30min
Foto: Rodson Willyams

O secretário-geral do Ministério Público Estadual, Marcos Alex Vera de Oliveira, destacou a importância da perícia criminal em investigações realizadas em Mato Grosso do Sul. A declaração ocorreu durante evento dos peritos criminais realizado, na manhã de sexta-feira (2), no Complexo Multiuso da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul).  

Para ele, o trabalho dos peritos atrelado à tecnologia foi fundamental para os desdobramentos de investigações realizadas no Estado, como a Coffee Break. "A importância da perícia visa complementar e produzir elementos de materialidade delitiva para que as investigações possam ser aperfeiçoadas e, obviamente, o Ministério Público Estadual leve ao Poder Judiciário por meio de ação penal, normalmente, o pedido de responsabilização dos agentes", comentou.

Segundo o secretário, o trabalho técnico da perícia é extremamente difícil, mas tornar-se um aliado à investigação. "Ela é necessária e importante para que a toda a persecução penal se desenvolva da forma mais adequada possível". 

Tecnologia - Durante investigação da Operação Coffee Break, que comandou quando era coordenador do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), Marcos Alex, havia solicitado à Justiça que investigasse, naquela época, os celulares de empresários e políticos apreendidos para análise de informações. 

Conforme o promotor, as análises feitas em aparelhos de comunicação se tornaram normais pelo país. "Hoje, principalmente quando se busca dados que envolvam comunicação entre pessoas, normalmente eles se dão em razão de aparatos tecnológicos, por meio de softwares instalados em smartphones", explica.

Marcos Alex ainda destaca que a perícia de Mato Grosso do Sul está muito bem aparelhada. "Nos auxiliou bastante como foi o caso da Coffee Break, em que houve a necessidade de retirar e extrair dados de aparelhos celulares apreendidos, principalmente, constante em trocas de mensagens. Então essa tecnologia e os trabalhos periciais são de suma importância para que possa haver a complementação da prova", finaliza. 

Seminário -  O XVII Seminário Regional dos Peritos Oficiais de Mato Grosso do Sul e IV Seminário Regional dos Peritos Criminais Federais foi organizado pelo Sindicato dos Peritos Oficiais Forenses de Mato Grosso do Sul, pela Associação dos Peritos Criminais Federais em alusão a celebração ao Dia do Perito, comemorado no dia 4 de dezembro. 

 

Veja também