TCE MAIO
ASSEMBLEIA MAIO DE 2022 2
Menu
sexta, 20 de maio de 2022 Campo Grande/MS
FAMASUL MAIO BANNER
Política

PSDB define na terça nome para disputar presidência da Assembleia

Dos cinco deputados da bancada tucana, quatro mostraram-se interessados na disputa

19 novembro 2018 - 09h51Por Celso Bejarano e Rodson Willyans

Quatro dos cinco deputados estaduais reeleitos do PSDB, maior bancada da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, gestão 2019-2022,  se reúnem amanhã (20), em Campo Grande, para definir o nome de um deles para disputar o comando do legislativo estadual.

Dos cinco parlamentares tucanos, apenas Marçal Filho não entra na disputa. É que ele atua mais em Dourados, onde mora e a missão do chefe da Assembleia exige presença diária na Casa.

Entre os eventuais concorrentes à disputa aparecem os deputados tucanos Paulo Corrêa, Onevam de Matos, Professor Rinaldo e Felipe Orro.

O deputado Orro informou que o governador reeleito Reinaldo Azambuja, também do PSDB, foi quem sugeriu aos deputados aliados que indiquem um nome para concorrer à presidência da Assembleia, hoje sob o comando do deputado Júnior Mochi, do MDB, que não concorreu à reeleição.

Felipe Orro revelou sobre a reunião - Foto: Rodson Willyams

Corre nos bastidores da Assembleia que os nomes mais fortes entre os tucanos para a disputa são dos deputados Paulo Corrêa e Onevam de Matos.

O DEM também já anunciou que quer a presidência e já se fala na candidatura do deputado Zé Teixeira.

O MDB de Eduardo Rocha é outra sigla interessada no cargo.

Já os deputados eleitos com maior número de votos como o capitão Contar e o coronel David, do PSL, ainda não se manifestaram se desejam ou não disputar a chefia da Casa.