Menu
Busca sexta, 15 de novembro de 2019
Política

FÊNIX: réu na Coffee Break, Jamal reaparece em reunião no Iracy Coelho

Apesar de especulações, médico negou intenção de participar das eleições 2020

11 setembro 2019 - 07h00Por Ray Santa Cruz

Ex-vereador e réu pela investigação Coffee Break, Jamal Mohamed Salem (PR) voltou às redes sociais e publicou, no Facebook, uma espécie de reunião com moradores do bairro Iracy Coelho, em Campo Grande.

A reunião ocorreu na noite de segunda-feira (9), onde o médico urologista palestrou sobre prevenção e sintomas do câncer de próstata.

Questionado sobre a intenção de concorrer eleições em 2020, o ex-secretário de saúde negou a possibilidade e disse que há 20 anos desenvolve as conferências a pedido de moradores.

“Não tenho pretensão [política]. Como tem a campanha Novembro Azul, que está próxima, a sociedade de urologia começa a fazer muitas palestras. A minha política é a médica”, diz.

Jamal atuou como secretário de saúde na gestão do ex-prefeito Gilmar Olarte. Ele foi afastado após a volta do progressista Alcides Bernal à prefeitura e à operação Coffee Break.

Coffee Break

Jamal é um dos réus no processo Coffe Break; o Ministério Público Estadual apurou, à época, que 28 pessoas entre políticos e empreiteiros supostamente tramaram a deposição de Alcides Bernal (PP). Para isso, ofereciam dinheiro e cargos a alguns vereadores para que estes votassem contra o então prefeito.

Conforme o processo do MPE, em 2013, Jamal  movimentou em contas bancárias R$4,6 milhões, sendo que os rendimentos eram de R$ 393 mil. Já em 2014 foi indicado um rendimento de R$ 670 mil com movimentações de R$ 3,2 milhões. 

Sobre o processo que corre na 2ª Vara de Direitos Difusos, Coletivos e Individuais Homogêneos, Jamal afirmou que está tudo encaminhado e, no momento, aguarda a decisão do Judiciário. 

“Fizemos a nossa defesa, a nossa prova de inocência e agora cabe ao juiz tomar a decisão”.