Menu
sexta, 25 de setembro de 2020
Política

'Se o presidente quisesse Carlos no Palácio do Planalto, teria nomeado ele lá' dispara Mourão

Vice-presidente da República entra em rota de colisão com Carlos Bolsonaro, ao comentar episódio desgastou a relação de Bebianno com o presidente

17 fevereiro 2019 - 13h16Por Da redação / G1

Para o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, se o presidente Jair Bolsonaro quisesse que o filho Carlos Bolsonaro atuasse no Palácio do Planalto, teria o nomeado para um cargo no governo.

Carlos é vereador no Rio de Janeiro e, nesta semana, protagonizou uma crise com o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Carlos Bebianno. O episódio desgastou a relação de Bebianno com o presidente e deve lhe custar o cargo.

"Eu acho que se o presidente quisesse o Carlos no Palácio do Planalto, ele teria nomeado ele lá", afirmou Mourão. O vice disse ainda que Jair Bolsonaro vai saber resolver a questão da influência dos filhos no governo. Além de Carlos, Bolsonaro tem outros dois filhos na política: Eduardo (deputado federal) e Flávio (senador).

"Acho que o presidente está dando um tempo para organizar isso aí", disse Mourão. Na sexta-feira (15), Carlos publicou numa rede social que apoia uma homenagem a Mourão feita pela Câmara de Vereadores do Rio.

A crise

Reportagem da "Folha de S.Paulo" publicada na semana passada revelou repasse do PSL de R$ 400 mil de recursos públicos do fundo partidário para uma candidata de Pernambuco suspeita de ser "laranja". Bebianno era o presidente do partido durante as eleições e, segundo a reportagem, autorizou os repasses.

Dias depois, para negar que houvesse crise por causa da denúncia do jornal, Bebianno disse que tinha conversado três vezes com Jair Bolsonaro enquanto o presidente ainda estava internado em São Paulo.

Em uma rede social, o vereador Carlos Bolsonaro classificou a afirmação de Bebianno como "mentira absoluta". Depois, Jair Bolsonaro compartilhou as mensagens do filho na mesma rede social.

Leia Também

Envenenamento de animais em massa no Jardim Noroeste revolta moradores
Cidade Morena
Envenenamento de animais em massa no Jardim Noroeste revolta moradores
Relator da PEC da 2ª instância, Fábio Trad lamenta: 'não há articulação para aprovar o texto'
Política
Relator da PEC da 2ª instância, Fábio Trad lamenta: 'não há articulação para aprovar o texto'
Obstetra envolvida em morte de Sheyza dá caminhão como fiança e fica solta
Interior
Obstetra envolvida em morte de Sheyza dá caminhão como fiança e fica solta
Baleado na mão e no tórax, vítima do falso frete segue estável em UPA
Cidade Morena
Baleado na mão e no tórax, vítima do falso frete segue estável em UPA