TCE 21 a 27/06/2021
Menu
sexta, 25 de junho de 2021
MEDIDAS RESTRITIVAS 19/06 a 27/06/2021
Política

Sem consenso, Rose e Beto Pereira se enfrentam em disputa pelo comando regional do PSDB

Governador Reinaldo Azambuja queria chapa única, mas parlamentares avisaram que não abrem mão de candidaturas

29 março 2019 - 09h35Por Celso Bejarano, de Brasília

O deputado federal Beto Pereira (PSDB) confirmou ao TopMídiaNews, em Brasília, que já está em campanha por sua reeleição no comando regional do partido, que acontece em abril, mês que vem. Ou seja, o desejo do governador Reinaldo Azambuja, tucano com mandato estadual de maior expressão, caiu por terra.

Ele apostava num consenso, no caso, que o PSDB lançasse uma chapa única na disputa pela presidência estadual da sigla. A deputada federal Rose Modesto não atendeu ao apelo e já avisou que não abre mão da candidatura.

Então, Rose e Beto Pereira viraram rivais ao menos até abril, mês que medem forças na disputa pela presidência da legenda.

Até agora a estratégia na hora de pedir votos é a mesma se comparada a de Beto com da deputada. Os dois pretendem fortalecer os candidatos do partido nas eleições municipais que escolhem prefeitos e vereadores.

Rose informou à reportagem que pode ser uma alternativa do partido na disputa pela prefeitura de Campo Grande, hoje administrada pelo PSD do prefeito Marquinhos Trad. Na última eleição, os dois definiram o pleito no segundo turno.

O desejo de Rose pode ser adiado por uma suposta costura política já combinada pelo governador e o prefeito Marquinhos. Políticos próximos aos dois garantem que Azambuja deva apoiar Marquinhos, eventual candidato à reeleição. O trato teria sido feito nas eleições de outubro passado, assim que o prefeito anunciou pacto eleitoral pela reeleição de Azambuja.

Nesta semana, Marquinhos Trad confirmou ao TopMídiaNews que é “natural” sua candidatura à reeleição, mas que agora seu interesse está focado na “administração da cidade”.