(67) 99826-0686

Telles pede harmonia entre poderes de presente para 120 anos e critica oposição ao prefeito

Líder do prefeito na Câmara tentará a reeleição ao cargo de vereador pelo PSD

18 AGO 2019
Rayani Santa Cruz
09h30min
Vereador Chiquinho Telles Foto: André de Abreu

O vereador Chiquinho Telles (PSD) citou a "harmonia" entre os três poderes como presente ideal para a capital campo-grandense em 2019. Ele lamentou que, em anos anteriores, na gestão do ex-prefeito Alcides Bernal (PP), isso não tenha ocorrido.

"Esse foi o nosso principal presente, o que não aconteceu nos últimos anos. A prefeitura, o legislativo e o judiciário em harmonia. Poderes independentes e equilibrados, esse é o presente que o povo espera porque a cidade anda".

Defensor de Marquinhos Trad, ele diz que ainda é cedo para citar sobre eleições municipais e reprova a atitude de possíveis pré-candidatos. "Muitos se armam, não pensam no bem da sociedade, tem gente aqui [na cidade] que acabou de ser eleito em primeiro mandato como deputado estadual e já fala em eleição para prefeito, andando em um fusquinha já quer pegar uma nave", criticou sem citar nomes.

O parlamentar disse estar preocupado com as falácias entorno da política. "É muito cedo, o Marquinhos é um candidato natural à reeleição, mas, se você for perguntar, ele não fala porque quer trabalhar. Então, está muito precoce, eu me preocupo, pois querem fazer carreira política", citou.

Voltando a falar das benesses do Executivo, Telles citou obras como a Ernesto Geisel e recapeamentos, parabenizando a gestão e a população. 

Perguntado sobre a tentativa de novo mandato, o vereador disse apenas ser um membro do partido e que está à disposição.

Veja também